Skip to content

​Tampa será sede do Super Bowl em 2021, Los Angeles 2022

24/05/2017

Imagem: Rams Instagram

Tampa será sede do Super Bowl em 2021, Los Angeles 2022

Com o atraso de um ano nas obras e inauguração do novo estádio em Los Angeles no Hollywood Park em Inglewood, os donos de times decidiram na inversão dos mandos do Super Bowl em 2021 e 2022 entre as cidades de Los Angeles e Tampa. 

Esse ano será no espetacular novo estádio do Vikings, ano que vem no estádio do Falcons que será inaugurado ainda esse ano e em 2019 em Miami.

Próximos eventos:

  • 2018 – US Bank Stadium , Minneapolis, Minnesota 
  • 2019 – Mercedes Benz Stadium, Atlanta, Geórgia 
  • 2020 – Hard Rock Stadium, Miami Gardens, Florida 
  • 2021 – Raymond James Stadium, Tampa, Florida 
  • 2022 – Los Angeles Stadium at Hollywood Park, Inglewood, Florida .

NFL relaxa regras de comemoração após touchdown

23/05/2017

NFL relaxa regras de comemoração após touchdown

Durante a reunião anual de donos de times da NFL, a liga decidiu a mudança de algumas regras e o relaxamento na regra de comemoração após touchdown.

Após alguns anos sendo chamada de No Fun League, a liga decidiu permitir o uso da bola em comemorações, anjos no chão, danças simples e comemorações em grupo.

O comissário Roger Goddell disse que “quer ver os jogadores tendo mais diversão após uma grande jogada.”

Continuam proibidas comemorações muito longas, imitando armas, gestos ofensivos ou sexuais como o twerk de Antonio Brown.

Melhores comemorações de todos os tempos:

Qual foi a melhor comemoração após touchdown da história ?

Ex jogador Cortez Kennedy morre aos 48 anos

23/05/2017

Foto: Scott Eklund / AP

Ex jogador Cortez Kennedy morre aos 48 anos

O ex defensive tackle do Seattle Seahawks Cortez Kennedy foi encontrado hoje morto sozinho em sua casa em Orlando.

A polícia disse que não existe nada suspeito a anunciar e as investigações sobre sua morte continuarão nos próximos dias.

Kennedy foi a 3ª escolha do Draft de 1990 vindo da Universidade de Miami e jogou toda os seus 11 anos da carreira em Seattle.

Em 1992 foi eleito o Melhor Jogador Defensivo da NFL e jogou 8 Pro Bowls.

Em sua carreira acumulou 58 sacks, um número impressivo para um tackle, 448 tackles, 6 fymbles forçados, 5 recuperados e 3 interceptações.

Após sua aposentadoria em 2000, o Seahawks aposentou sua camisa número 96 e o colocou Ring of Honor.

Em 2012 foi eleito ao Hall da Fama do Futebol Americano Profissional.

Qual é o melhor grupo de running backs da NFL ?

18/05/2017

Qual é o melhor grupo de running backs da NFL ?

Com a contratação ontem do artilheiro da temporada passada Legarrette Blount pelo Philadelphia Eagles por um ano e de Jamaal Charles pelo Denver Broncos na semana passada, fechamos os backfields dos times da NFL com algumas mudanças e novidades vindas do futebol americano universitário.

Ano passado Devonta Freeman e Tevin Coleman foram fundamentais para a chegada do Atlanta Falcons ao Super Bowl, o New England Patriots soube usar bem sua dupla Blount e James White.

Para quem joga Fantasy Football é bom já ficar de olho, alguns jogadores podem crescer, outros dividir pontos.

CONFERÊNCIA NACIONAL

NFC LESTE

Dallas Cowboys NY Giants Philly Eagles Was Redskins
Elliott, Ezekiel Perkins, Paul Matthews, Ryan Kelley, Rob
McFadden, Darren Vereen, Shane Blount,Legarrette Thompson, Chris
Morris, Alfred Darkwa, Orleans Sproles, Darren Perine, Samaje 
Draughn, Shaun Pumphrey, Donnel 

NFC NORTE

Chicago Bears Detroit Lions GB Packers Minnesota Vikings
Howard, Jordan Abdullah, Ameer Montgomery, Ty Murray, Latavius
Langford, Jeremy Riddick, Theo Williams, Jamaal Cook, Dalvin
Carey, Ka’Deem Zenner, Zach Jones, Aaron  McKinnon, Jerick

NFC SUL

Atlanta Falcons Carolina Panthers NO Saints TB Buccaneers
Freeman, Devonta Stewart, Jonathan Ingram, Mark Martin, Doug
Coleman, Tevin McCaffrey, Christian Peterson, Adrian Sims, Charles
Hill, Brian Whittaker, Fozzy Kamara , Alvin  Rodgers, Jacquizz

NFC OESTE

Arizona Cardinals* LA Rams SF 49ers Seattle Seahawks
Johnson, David Gurley, Todd Hyde, Carlos Rawls, Thomas
Ellington, Andre Brown, Malcolm Hightower, Tim Lacy, Eddie
Logan, TJ  Dunbar, Lance Williams, Joseph  Prosise, CJ
Collins, Alex

*Chris Johnson continua agente livre.

___________________________________________________

CONFERÊNCIA AMERICANA

AFC LESTE

Buffalo Bills Miami Dolphins NE Patriots New York Jets
McCoy, LeSean Ajayi, Jay Lewis, Dion Forte, Matt
Williams, Jonathan Williams, Damien White, James Powell, Bilal
Banyard, Joe Drake, Kenyan Gillislee, Mike  McGuire, Elijah
Burkhead, Rex

AFC NORTE

Baltimore Ravens Cincinnati Bengals Cleveland Browns Pittsburgh Steelers
Taliaferro, Lorenzo Hill, Jeremy Crowell, Isaiah Bell, Le’Veon
West, Terrance Bernard, Giovani  Johnson, Duke Conner, James
Woodhead, Danny Mixon , Joe Dayes, Matt Davis, Knile

AFC SUL

Houston Texans Indianapolis Colts Jville Jaguars Tennessee Titans
Miller, Lamar Gore, Frank Fournette, Leonard Murray, DeMarco
Blue, Alfred Turbin, Robert Yeldon, TJ Henry, Derrick
Foreman , D’Onta  Ferguson, Josh Ivory, Chris Fluellen, David

AFC OESTE

Denver Broncos KC Chiefs LA Chargers Oakland Raiders
Anderson, CJ Ware, Spencer Gordon, Melvin Lynch, Marshawn
Charles, Jamaal West, Charcandrick Oliver, Branden Richard, Jalen
Booker, Devontae Hunt , Kareem  Farrow, Kenneth Washington, DeAndre

 

 

Na sua opinião qual é o melhor backfield da NFL ?

 

 

 

Gisele revela concussão de Tom Brady no ano passado

17/05/2017

Foto: Theo Wargo/Getty Images

Gisele revela concussão de Tom Brady no ano passado

Em uma entrevista ao programa matinal americano CBS this Morning, Gisele Bundchen deixou escapar que o marido Tom Brady “teve uma concussão no ano passado”.

Perguntada sobre o futuro do jogador, Gisele completou: “Ele sofre concussões praticamente todo…, quer dizer, nós nunca conversamos sobre isso, mas ele sofre concussões. Eu não acredito que seja algo saudável para o seu corpo sempre sofrer essas agressões.  Não deve ser algo saudável para você”.

Em uma entrevista recente, Brady, de 39 anos disse que se estiver se sentindo bem como hoje em dia quer jogar até os 45 anos.

Todo jogador que sofre uma concussão está automaticamente fora daquela partida e deve passar por um protocolo de avaliação da liga que pode preventivamente tira-lo de outros jogos.

Um time que mente ou esconde lesões de atletas, sendo concussão ou muscular, são punidos com multas e muitas vezes perdas de escolhas no Draft. 

O Seattle Seahawks perdeu uma escolha ano passado escondendo uma lesão de Richard Sherman.

Brady não perde um jogo devido a lesão desde 2008 quando passou por cirurgia no joelho e perdeu 15 partidas.

Maldição da capa do Madden NFL

12/05/2017

Maldição da capa do Madden NFL

Com o anuncio de Tom Brady na capa do Madden NFL 18, volta a conversa sobre a maldição da capa do jogo

Não tem como ignorar as coincidências do eleito a capa , você pode não acreditar, mas que a maldição existe, existe.

O jogo foi criado em 1989 só para PC com o nome de “John Madden Football” e em 90 foi produzido para o console Sega.

Até 1998, o ex treinador, comentarista e membro do Hall da Fama John Madden apareceu em todas as capas, só à partir de 1999, a EA Sports, fabricante do jogo, começou a colocar jogadores na capa do mais popular video game de futebol americano.

A maldição do jogo começou em 1999 (Madden 2000) quando o extraordinário running back Barry Sanders foi colocado junto a John Madden na capa do Madden 2000 . O que aconteceu ? Semanas antes da temporada, Barry Sanders anunciou aposentadoria por causa de divergências com a diretoria do Detroit Lions e nunca mais jogou. Ele tinha 31 anos.

Em algumas cidades americanas, o running back do 49ers Garrison Hearst apareceu como capa “não oficial” do Madden 99. Teve uma boa temporada mas quebrou o tornozelo nos playoffs e perdeu as duas próximas temporadas.

Em 2000 (Madden 2001), o running back Eddie George esteve na capa e mesmo sendo um jogador bem regular em toda a temporada, em um jogo dos playoffs contra o Ravens, ele acabou defletindo um passe que foi interceptado por Ray Lewis que marcou um touchdown. O Titans perdeu o jogo e foi eliminado (George machucou no ano seguinte e nunca mais foi o mesmo).

Em 2001 (Madden 2002), foi a vez do quarterback Daunte Culpepper , que teve uma temporada sem brilho, com constantes brigas com Randy Moss. As duas temporadas seguintes foram péssimas para Daunte (18 TDs 23 Int). O Minnesota Vikings não foi aos playoffs após perder a final da NFC no ano anterior.

Em 2002 (Madden 2003), o “premiado” foi Marshall Faulk, que se machucou no meio da temporada e nos anos seguintes não conseguiu correr mais de 1.000 jardas em uma temporada (uma constante na vida de Marshall). O Rams não foi aos playoffs após perder o Super Bowl em 2001.

Em 2003 (Madden 2004) foi a vez do fantástico Michael Vick, quebrou a fíbula e ficou fora de grande parte da temporada, não jogou 11 partidas. Alguns anos depois foi parar na cadeia por se envolver em rinhas e assassinato de cachorros. Trágico !

Em 2004 (Madden 2005) a EA Sports colocou o primeiro defensor na capa, linebacker Ray Lewis que pela primeira vez não teve uma interceptação na temporada, se machucou e não jogou o último jogo da temporada . O Baltimore Ravens não foi para os playoffs. Lewis perdeu metade da temporada de 2005 por causa de lesão.

Em 2005 (Madden 2006), um dos melhores quarterbacks da época Donovan McNabb foi escolhido, se machucou e perdeu metade da temporada (7 jogos), sem contar nas brigas e desmoronamento total do Philadelphia Eagles nessa temporada . Lembrando que o time chegou ao Super Bowl no ano anterior.

Em 2006 (Madden 2007) foi a vez do running back do Seahawks Shaun Alexander, melhor jogador da temporada anterior, que acabou lesionando o pé e perdendo 6 jogos. Teve sua pior temporada desde o seu primeiro ano na NFL. Outro que nunca mais foi o mesmo.

Em 2007 (Madden 2008) foi a vez do quarterback sensação Vince Young que além de ter tido uma temporada 2007 fraquíssima, com 9 touchdowns e 17 interceptações anunciou que estava com problemas psicológicos e estava se aposentando do futebol americano. Mudou de decisão logo depois, mas só jogou um jogo como titular em 2008.

No México e em alguns outros países latinos, o jogador na capa foi o defensive end mexicano do San Diego Chargers Luis Castillo que sofreu uma lesão no joelho e jogou apenas 10 partidas naquela temporada.

Em 2008 (Madden 2009) a EA Sports colocou um jogador aposentado na capa, Brett Favre que tinha acabado de pendurar as chuteiras. Como sabemos, ele acabou voltando aos gramados, dessa vez com o uniforme do New York Jets, começou bem, mas machucou o braço no meio da temporada, o Jets acabou perdendo 4 dos últimos 5 jogos, ficando fora dos playoffs. Detalhe, na capa Favre estava usando o uniforme do Packers.

Em 2009 (Madden 2010) a EA Sports inovou novamente colocando 2 jogadores na capa, para ressaltar a épica batalha entre ataque e defesa. O safety do Steelers Troy Polamalu e o wide receiver Larry Fizgerald dividiram a capa. A maldição foi praticamente toda em Polamalu que lesionou o joelho logo no 1º jogo da temporada e perdeu 4 jogos, voltou a jogar por 3 jogos, mas lesionou o joelho novamente e perdeu o resto da temporada. Já Fitzgerald teve uma de suas melhores temporadas da carreira, mas perdeu um jogo dos playoffs com lesão no quadril.

Em 2010 (Madden 2011) o quarterback campeão do Super Bowl Drew Brees foi o escolhido, dando calafrios a todos os torcedores do New Orleans Saints que viram o seu QB dobrando o número de interceptações durante o ano e perdendo nos playoffs para a “zebra” Seattle Seahawks, que tinha tido mais derrotas do que vitórias durante o temporada regular. Também vale citar a exposição do escândalo de premiação extra para jogadores machucados em New Orleans.

Em 2011 (Madden 2012) o running back do Cleveland Browns Peyton Hillis foi eleito pelo público a capa e perdeu mais de metade da temporada com 3 lesões diferentes. Após a temporada, Hillis deixou Cleveland e assinou com o Kansas City Chiefs, nunca mais fez nada.

Em 2012 (Madden 2013) o wide receiver do Detroit Lions Calvin Johnson foi eleito a capa por votação pelo público, teve sua melhor temporada da carreira recebendo 1.848 jardas, se aproximando do recorde de jardas recebidas em uma temporada de Jerry Rice, porém viu o seu time ganhar apenas 4 jogos e terminando como um dos piores times da NFL. Revelou que jogou grande parte da temporada com um dedo quebrado. Ano de raro descanso da maldição.

Em 2013 (Madden 25) dois running backs estiveram na capa de aniversário de 25 anos do jogo, Adrian Peterson foi o escolhido e o aposentado  Barry Sanders apareceu nas capas do PlayStation 3 e Xbox 360. Peterson  ganhou a capa após quase bater o recorde de jardas conquistadas em uma temporada de Eric Dickerson, correndo para 2.097 jardas em 2012, 9 a menos do que o recorde. Teve uma lesão no pé mas jogou toda a temporada e terminou com 1266 jardas. O Minnesota Vikings não se classificou aos playoffs terminando a temporada com 5-10-1. Tragédia na vida pessoal, seu filho de 2 anos acabou morrendo após ser agredido pelo namorado de sua ex namorada.

Em 2014 (Madden 15) o cornerback falastrão Richard Sherman foi escolhido a capa e escapou da maldição, teve mais uma grande temporada e ajudou a levar o Seattle Seahawks para o segundo Super Bowl seguido, perdendo dessa vez após interceptação na última bola do jogo.

Em 2015 (Madden 16) o wide receiver Odell Beckham Jr foi o escolhido após ter destruído em seu ano de novato com 12 touchdowns e suas espetaculares recepções com uma mão. Beckham foi suspenso por um jogo após uma briga em jogo mas teve mais uma grande temporada, marcando 1.450 jardas e 13 touchdowns. Maldição pegou 2 anos de folga.

Em 2016 (Madden 17) a maldição voltou com tudo pegando dessa vez o tight end Rob Gronkowski que perdeu as duas primeiras partidas com contratura muscular e voltou na semana 8 quando ele teve que encerrar a temporada passando por uma cirurgia de hérnia de disco. Apenas 25 recepções na temporada e 3 touchdowns.

Boa sorte TB12.

Acredita na maldição ? O que acontecerá com Tom Brady ?

EA Sports anuncia Tom Brady na capa do Madden 18

12/05/2017

EA Sports anuncia Tom Brady na capa do Madden 18

A fabricante de jogos de vídeo games EA Sports anunciou hoje que o quarterback do New England Patriots Tom Brady estará na capa do Madden NFL 18, GOAT Edition.

A sigla Goat significa Greatest of all time, o melhor de todos os tempos.

No ano passado Brady venceu o seu 5º Super Bowl em 7 jogados, se tornando o maior jogador vencedor de todos os tempos (igualou Charles Haley).

Será o desafio do melhor da história e a maldição da Capa do Madden.

Quem vencerá ?

%d blogueiros gostam disto: