Pular para o conteúdo

Broncos adquire Joe Flacco em troca com o Ravens

13/02/2019

Broncos adquire Joe Flacco em troca com o Ravens

O jornalista da ESPN Adam Schefter confirmou uma troca envolvendo o MVP do Super Bowl quarterback Joe Flacco e o Denver Broncos.

O Baltimore Ravens deve receber uma escolha de 4ª rodada no Draft 2019, abre $16 milhões de dólares no teto salarial e coloca oficialmente Lamar Jackson como futuro da franquia.

A troca não pode ser oficializada ou comentado pelos times até 13 de março, início do novo ano.

Flacco, 34 anos, não tem mais valores garantidos no contrato, mas continuam sendo valores altos dependendo de sua performance.

  • 2019 – $18,5 milhões de dólares
  • 2020 – $20,25 milhões
  • 2021 – $24,25 milhões.

O novo técnico do Broncos Vic Fangio estava em Baltimore nos primeiros anos de Flacco no Ravens.

O Broncos assinou contrato de dois anos e $36 milhões de dólares com Case Keenum ano passado, que agora está com futuro incerto.

O que achou da troca ? Flacco terá sucesso em Denver ?

Anúncios

Cleveland Browns assina com o suspenso Kareem Hunt

12/02/2019

Cleveland Browns assina com o suspenso Kareem Hunt

O Cleveland Browns decidiu assumir o risco e assinou contrato de um ano com o running back Kareem Hunt, que está suspenso pela NFL.

Hunt foi dispensado em novembro pelo Kansas City Chiefs após aparecer em um vídeo empurrando e chutando uma mulher em um hotel no começo de 2018.

Foi logo foi suspenso pelo comissário Roger Goodell indeterminadamente e já cumpriu 7 jogos. Agora que está com novo contrato, volta a estar suspenso.

Ele foi entrevistado pelos investigadores da NFL em janeiro e sua suspensão oficial deve sair até a temporada.

Hunt não foi preso e não está está sendo investigado pela polícia, já que a mulher não denunciou a agressão.

O general manager do Browns John Dorsey foi o responsável por draftar Hunt quando trabalhava no Chiefs e acredito que “todo mundo merece uma segunda chance”.

É possível e provável que Hunt seja suspenso por toda a temporada.

Patrick Mahomes é eleito MVP da temporada, Chris Long, o Homem do Ano

04/02/2019

Patrick Mahomes é eleito MVP da temporada, Chris Long, o Homem do Ano

Na noite de sábado foram distribuídos os principais prêmios da temporada 2018 na festa “NFL Honors”, com a liga homenageando os grandes destaques do ano.

Patrick Mahomes levou o prêmio de MVP e de melhor jogador de ataque depois da temporada monstruosa de 50 TDs e 5.097 jardas.

Aaron Donald levou pela segunda vez na carreira o prêmio de melhor jogador defensivo.

Saquon Barkley teve a segunda melhor temporada de um running back novato da história e foi eleito Rookie Ofensivo do Ano, já Darrius Leonard liderou a liga em tackles (163) e levou o prêmio de Rookie Defensivo de 2018.

Depois de quase 2 anos fora pro lesão, Andrew Luck voltou bem e ganhou o Comeback Player do Ano.

Para finalizar a noite, a NFL homenageou Chris Long, com o Walter Payton Award, Homem do Ano com o seu projeto “Water Boys” para trazer água potável para alguns países na África.

PRINCIPAIS PRÊMIOS ASSOCIATED PRESS

  • MVP da Temporada: Patrick Mahomes, QB Kansas City Chiefs
  • Atacante do Ano: Patrick Mahomes, QB Kansas City Chiefs
  • Defensor do Ano: Aaron Donald, DT Los Angeles Rams
  • Rookie Ofensivo do Ano:  Saquon Barkley, RB New York Giants
  • Rookie Defensivo do Ano:  Darius Leonard, LB Indianapolis Colts
  • Técnico do Ano: Chicago Bears coach Matt Nagy
  • Comeback do Ano: Indianapolis Colts QB Andrew Luck
  • Walter Payton Homem do Ano: Chris Long, DE Philadelphia Eagles

OUTROS PRÊMIOS:

  • FedEx Air Jogador do Ano: Patrick Mahomes, Kansas City Chiefs QB
  • FedEx Air Ground Jogadores do Ano:  Saquon Barkley, New York Giants RB
  • Salute To Service Award apresentado pela USAA:  Ben Garland, OG Atlanta Falcons
  • Game Changer Award apresentado pela Gillette:  Shaquem Griffin, LB Seattle Seahawks
  • Built Ford Tough Linha Ofensiva do Ano: Los Angeles Rams
  • Melhor Momento do Ano: Aaron Rodgers, virada sobre o Bears na Semana 1
  • Art Rooney Esportista do Ano:  Drew Brees, QB New Orleans Saints
  • AP Técnico Assistente do Ano: Vic Fangio, Coordenador Defensivo Bears
  • Bridgestone Clutch Performance Jogada do Ano: The Miami Miracle
  • Deacon Jones Award: Los Angeles Rams DT Aaron Donald
  • Comemoração de Touchdown do Ano : Coreografia Seattle Seahawks
  • Don Shula NFL Treinador de High School do Ano: Gabe Infante, St. Joseph’s Prep
  • Courtyard Unstoppable Performance do Ano: Los Angeles Rams QB Jared Goff

 

Defesa domina, Patriots vence 6º Super Bowl

04/02/2019

Defesa domina, Patriots vence 6º Super Bowl

New England Patrios 13, Los Angeles Rams 3   

As defesas dominaram o Super Bowl 53, pela primeira vez na história nenhum touchdown foi marcado nos três primeiros quartos de jogo.

A defesa do New England Patriots estava implacável e colada na marcação das estrelas do Los Angeles Rams não permitindo conversões em terceira descida, enquanto Tom Brady achava Julian Edelman mas avançava pouco ao campo adversário.

O kicker Stephen Gostkowski errou um field goal de 46 jardas no começo da partida mas abriu um placar com um field goal de 42 jardas no segundo quarto.

Na única boa campanha do Rams na partida, Jared Goff achou Brandin Cooks, e Greg Zeurlein empatou a partida.

Nos minutos finais, Brady achou Rob Gronkowski marcado por dois e Sony Michel avancou 3 jardas para marcar o único touchdown da partida.

Ainda com chances no final, Zeurlein perdeu um field goal.

Com o sexto título de Super Bowl, Tom Brady ultrapassou o linha defensiva Charles Haley como maior ganhador, Bill Belichick iguala as lendas George Halas (Bears) e Curly Lambeau (Packers) com seis títulos da NFL como técnico.

O que achou do Super Bowl 53 ? O que achou do título do 6º título do Brady ?

Com polêmica, Rams e Patriots vencem Conferência e se enfrentam no Super Bowl 53

21/01/2019

Com polêmica, Rams e Patriots vencem Conferência e se enfrentam no Super Bowl 53

Dois grandes jogos decididos na prorrogação, marcados por polêmica, definiram os campeões de conferência no domingo.

Los Angeles Rams 26, New Orleans Saints 23 (OT)     

O New Orleans Saints começou a partida dominando, mas sem muito sucesso na redzone, abriu “apenas” 13 a zero depois de permanecer o primeiro tempo inteiro no campo do adversário com a posse de bola.

Com as defesas controlando a linha de scrimmage, não permitindo o sucesso do jogo corrido,  restou a Drew Brees o passe curto para Alvim Kamara que explodia depois com a bola na mão, já Jared Goff distribuía bem a bola para os recebedores em rotas rápidas ou cruzadas.

Com o Los Angeles Rams sempre correndo atrás do placar, tivemos emoção no quarto quarto, o New Orleans sendo conservador no ataque, e o Rams fazendo de tudo para empatar.

Com menos de quatro minutos para acabar e o jogo empatado,  Brees gastava relógio e ao mesmo tempo avançava para colocar o time na frente novamente, quando uma tentativa de passe para Tommy Lee Lewis que estava alinhado no backfield e fez uma rota wheel aberta, virou um passe incompleto em uma interferência clara do defensive back Nickell Robey-Coleman  ignorada pela arbitragem.

Will Lutz acertou o seu field goal, mas o Rams tinha pouco menos de 2 minutos para empatar. Foi assim que surgiu o herói da partida, Greg Zuerlein acertou um field goal de 47 jardas para levar a partida para a prorrogação.

Logo na primeira campanha, pressionado por Dante Fowler Jr, Drew Brees lançou uma interceptação nas mãos de John Johnson III, dando a Zuerlein a chance de definir a partida em um field goal de 57 jardas, o seu quarto field goal do jogo e o chute mais longo da história dos playoffs.


New England Patriots 37, Kansas City Chiefs 31 (OT)
  

No primeiro tempo, o New England Patriots usou e abusou do jogo corrido com Sony Mitchell e passes curtos de Tom Brady para os running backs, mantendo o time em campo, abrindo 14 a zero e deixando o melhor ataque da NFL assistindo do banco de reserva.

O jogo mudou no segundo tempo, Patrick Mahomes e o Kansas City Chiefs arriscaram mais, com Tyreek Hill com marcação dupla o tempo todo, sobrou para Sammy Watkins e Damien Williams fazerem a diferença.

Foram 4 touchdowns do Chiefs no segundo tempo, que virou o jogo, mas não por muito tempo.

Brady foi obrigado a explorar mais o campo e voltou a achar os seus recebedores favoritos, Julian Edelman e Rob Gronkowski.

Foram 4 viradas de placar no quarto quarto, algumas chamadas bizarras da arbitragem e um offside de Dee Ford que custou ao Chiefs a vitória.

Logo depois de Rex Burkhead colocar o Patriots na frente, Harrison Butker empatou o jogo e levou para a prorrogação.

No cara ou coroa deu Patriots que cruzou o campo todo em uma bela campanha comandada por Brady que terminou com mais um TD de Burkhead, levando o Patriots para o seu terceiro Super Bowl seguido e 11º da franquia.

___________________________________________________________

SUPER BOWL LIII – Mercedes-Benz Stadium, Atlanta

Domingo, 3 de fevereiro

  • New England Patriots x Los Angeles Rams 21:30 ESPN

O que achou das finais de conferência ?

Duelos entre quarterbacks veteranos e jovens marcam as finais de Conferência da NFL

20/01/2019

Duelos entre quarterbacks veteranos e jovens marcam as finais de Conferência da NFL

Pela primeira vez na história os quatro melhores ataques da NFL se classificaram para as finais de conferência. Os veteranos quarterbacks Tom Brady e Drew Brees enfrentam os dinâmicos ataques do Kansas City Chiefs e Los Angeles Rams comandados por dois jovens quarterbacks, o MVP da temporada Patrick Mahomes e Jarred Goff.

Esses times já se enfrentaram durante a temporada regular fazendo jogos espetaculares e de placar alto, o New Orleans Saints venceu o Rams por 45 a 35 garantindo a primeira posição na conferência, com show de Brees (4 TDs) , Alvim Kamara (2 TDs) e Michael Thomas (211 jardas, 1 TD). No outro jogo, o New England Patriots acabaou com a invencibilidade do Chiefs por 43 a 40 com field goal de Stephen Gostkowski no último segundo

Domingo, 20 de janeiro

NFC CHAMPIONSHIP – Mercedes-Benz Superdome, New Orleans

  • Los Angeles Rams @ New Orleans Saints 18:05 ESPN

AFC CHAMPIONSHIP – Arrowhead Stadium, Kansas City

  • New England Patriots @ Kansas City Chiefs 21:40 ESPN

Vencedor do Heisman Kyler Murray se declarou disponível para o Draft

14/01/2019

Vencedor do Heisman Kyler Murray se declarou disponível para o Draft

O quarterback de Oklahoma Kyler Murray, vencedor do troféu Heisman, anunciou hoje que estará disponível para ser escolhido no Draft da NFL.

No ano passado Murray foi selecionado pelo Oakland Athletics da MLB e queria um contrato de 15 milhões para jogar baseball pelo time.


Murray terminou a temporada 2018 com 4.053 jardas passadas, 40 TDs aéreos, 7 interceptações , 892 jardas corridas e 11 TDs corridos.

Para que time ele vai jogar ? Dolphins ? Jaguars ? Giants ? Redskins ?

Favoritos vencem e se encontram nas finais de conferência da NFL

14/01/2019

Foto: Harry How/Getty Images

Favoritos vencem e se encontram nas finais de conferência da NFL

Os quatro favoritos venceram no final de semana e se encontram nas finais de conferência, Kansas City Chiefs recebe o New England Patriots na final da AFC e o New Orleans Saints recebe o Los Angeles Rams na final da NFC depois de derrubar o campeão Philadelphia Eagles.

Kansas City Chiefs 31, Indianapolis Colts 13

Patrick Mahomes teve um jogo quase perfeito distribuindo a bola, enquanto a defesa anulava Andrew Luck que não foi o mesmo do jogo de wildcard.

Mahomes terminou com 278 jardas enquanto o running back Damien WIlliams correu 127 jardas e marcou uma vez, acabando com a seca de 25 do time que ia a final de conferência.

Los Angeles Rams 30, Dallas Cowboys 22

O Dallas Cowboys não estava preparado para parar o jogo corrido do Los Angeles Rams, enquanto a linha defensiva do Rams dominava a linha ofensiva do Cowboys frustrando o running back Ezekiel Elliott (47 jardas).

CJ Anderson ganhou mais espaço com Todd Gurley “baleado”, correu para 123 jardas e 2 touchdowns, enquanto Gurley correu 115 jardas e também marcou o seu.

New England Patriots 41, Los Angeles Chargers 28

Domínio completo do New England Patriots no primeiro tempo, com 3 touchdowns de Sony Mitchell, o último vindo após um erro no retornador de punt Desmond King, indo para o intervalo ganhando por 35 a 7, praticamente definindo o vencedor.

Tom Brady estava inspirado e “mordido” por críticas ao time, acertou 34 de 44 passes para 343 jardas.

Sempre muito atrás do placar, o Los Angeles Chargers desistiu de correr com Melvin Gordon, e Phillip Rivers  teve que passar 51 vezes, acertando apenas 25, grande parte deles no último quarto com o jogo já perdido.

New Orleans Saints 20, Philadelphia Eagles 14

O campeão Philadelphia Eagles, começou bem o jogo, abrindo 14 a zero, com Nick Foles inspirado até ser interceptado por Marshon Lattimore no final do segundo quarto, jogada que mudou o rumo da partida. Foram 20 pontos seguidos do New Orleans Saints, 2 touchdowns de Drew Brees, um deles para Michael Thomas que estava impossível no jogo, 12 recepções para 171 jardas.

O Eagles ainda teve chance de virar nos minutos finais, já se aproximando da redzone, Foles fez um passe para Alshon Jeffery que não conseguiu segurar, bola caindo no colo do mesmo Lattimore para decretar o fim do jogo.

Domingo, 20 de janeiro

NFC CHAMPIONSHIP – Mercedes-Benz Superdome, New Orleans

  • Los Angeles Rams @ New Orleans Saints 18:05 ESPN

AFC CHAMPIONSHIP – Arrowhead Stadium, Kansas City

  • New England Patriots @ Kansas City Chiefs 21:40 ESPN

Dança das cadeiras dos técnicos da NFL

10/01/2019

Dança das cadeiras dos técnicos da NFL

Seis dos oito times que demitiram técnicos após a temporada, já encontraram o sucessor.

O técnico Bruce Arians resolveu sair da aposentadoria após um ano e assumiu o cargo de head coach do Tampa Bay Buccaneers e montar a comissão técnica que tinha em Arizona.

O Arizona Cardinals resolveu apostar no jovem Kliff Kingsbury (39) que teve altos e baixos como head coach em Texas Tech, mas comandou e moldou Patrick Mahomes, Johnny Manziel e Baker Mayfield (um ano por lá).

O Green Bay Packers contratou Matt LaFleur que estava com Matt Ryan no ano de MVP.

Freddie Kitchens ganhou emprego permanente após assumir o comando do ataque do Cleveland Browns no “segundo turno”.

Vic Fangio ganha sua primeira oportunidade como head coach com o Denver Broncos, depois de comandar a defesa número 1 da NFL, Chicago Bears.

Adam Gase vai para o rival New York Jets, depois de três anos sem muito sucesso com o Miami Dolphins.

LISTA DE DEMITIDOS

TIME DEMITIDOS CONTRATADOS ÚLTIMO CARGO
Arizona Cardinals Steve Wilks Kliff Kingsbury HC Texas Tech
Cincinnati Bengals Marvin Lewis
Cleveland Browns Hue Jackson Freddie Kitchens OC Browns
Denver Broncos Vance Joseph Vic Fangio DC Bears
Green Bay Packers Mike McCarthy Matt LaFleur OC Titans
Miami Dolphins Adam Gase
New York Jets Todd Bowles Adam Gase HC Dolphins
Tampa Bay Buccaneers Dirk Koetter Bruce Arians HC Cardinals (2017)

Cincinnati Bengals e Miami Dolphins ainda estão fazendo entrevistas com os candidatos.

Clemson atropela Alabama e vence segundo título universitário em 3 anos

08/01/2019

Clemson atropela Alabama e vence segundo título universitário em 3 anos

Clemson Tigers 44, Alabama Crimson Tide 16

Comandado pelo quarterback calouro Trevor Lawrence, Clemson atropelou o favorito Alabama, vencendo o College Football Playoff National Championship pela segunda vez, em três anos, terceiro título nacional da história.

Lawrence terminou com 347 jardas passadas e 3 touchdowns, tendo outro calouro como grande parceiro e destaque, Justyn Ross terminou com 6 recepções e 153 jardas, sendo 2 espetaculares recepções com uma mão, e um touchdown de 60 jardas.

O quarterback de Alabama Tua Tagovailoa foi interceptado por AJ Terrell logo na primeira campanha, abrindo o placar para Clemson.

Os times trocaram 4 touchdowns no primeiro quarto, depois disso só deu Clemson que marcou 30 a 3 no resto do jogo.

Lawrence tem que ficar na universidade por mais dois anos, até ir para a NFL.

%d blogueiros gostam disto: