Pular para o conteúdo

Analisando o Draft da AFC Leste

03/05/2010

Draft AFC Leste

1.  Miami Dolphins (3 joinhas)

  • Rd 1 – #28(28)  Jared Odrick (DT) Penn State 
  • Rd 2 – #8(40)  Koa Misi (OLB) Utah
  • Rd 3 – #9(73) John Jerry (OG) Ole Miss
  • Rd 4 – #21(119)  A.J. Edds (OLB) Iowa
  • Rd 5 – #14(145) Nolan Carroll (CB) Maryland
  • Rd 5 – #32(163)  Reshad Jones (S) Georgia
  • Rd 7 – #5(212) Chris McCoy (OLB) M Tenn St
  • Rd 7 – #45(252) Austin Spitler (OLB) Ohio St

Análise:

  • Necessidades básicas: OLB, NT, FS, WR
  • Número de escolhas: 8
  • Rápida análise: Conseguiram Brandon Marshall na semana anterior a Draft, mas no dia mesmo, foram pragmáticos, indo atrás das necessidades. Odrick encaiaxa bem na 1a linha, Misi sabe pressionar o passe.
  • Touchdown: A troca por Brandon Marshall.
  • Hail Mary (Arriscando): Koa Misi pode ser uma boa aposta como substituto de Joey Porter.
  • Chute para fora:  4 OLBs em um mesmo Draft, apesar da necessidade. 
  • Nota: 3 joinhas.

2.  Buffalo Bills (2,5 joinhas)

  • Rd 1 – #9(9) C.J. Spiller (RB) Clemson 
  • Rd 2 – #9(41) Torell Troup (DT) C Florida
  • Rd 3 – #8(72) Alex Carrington (DE) Arkansas St
  • Rd 4 – #9(107) Marcus Easley (WR) UConn
  • Rd 5 – #9(140) Edward Wang (OT) Va Tech
  • Rd 6 – #9(178) Arthur Moats (OLB) JMU
  • Rd 6 – #23(192) Dan Batten (DE) S Dakota St
  • Rd 7 – #2(209) Levi Brown (QB) Troy
  • Rd 7 – #9(216) Kyle Calloway (OT) Iowa

Análise:

  • Necessidades básicas:  QB, NT, OT, WR
  • Número de escolhas: 9
  • Rápida análise: O Bills foi atrás do melhor jogador disponível ao invés de necessidade. Não escolheram um QB, mas ajudaram e muito o ataque. Fortaleceu a linha defensiva nas próxiams escolhas. 
  • Touchdown: C.J. Spiller. Será o próximo Chris Johnson ? Se for próximo já está bom.
  • Hail Mary (Arriscando): Alex Carrington vem de uma escola pequena e Torrell Troup parece ser pequeno para ser NT.
  • Chute para fora:  Não foram de QB. Apostam em Trent Edwards e o segundo anista Brian Brohn.
  • Nota: 2,5 joinhas. Só pelo Spiller. 

3.  New England Patriots (2,5 joinhas)

  • Rd 1 – #27(27)  Devin McCourty (CB) Rutgers 
  • Rd 2 – #10(42)  Rob Gronkowski (TE) Arizona
  • Rd 2 – #21(53) Jermaine Cunningham (OLB) Florida
  • Rd 2 – #30(62)  Brandon Spikes (ILB) Florida
  • Rd 3 – #26(90)  Taylor Price (WR) Ohio
  • Rd 4 – #15(113)  Aaron Hernandez (TE) Florida
  • Rd 5 – #19(150)  Zoltan Mesko (P) Michigan
  • Rd 6 – #36(205) Ted Larsen (C) NC State
  • Rd 7 – #1(208)  Thomas Welch (OT) Vanderbilt
  • Rd 7 – #40(247) Brandon Deaderick (DE) Alabama
  • Rd 7 – #41(248) Kade Weston (DT) Georgia
  • Rd 7 – #43(250) Zac Robinson (QB) Oklahoma St

Análise:

  • Necessidades básicas: OLB, ILB, TE, WR  
  • Número de escolhas: 12
  • Rápida análise:  O Patriots fez o que sempre faz, inúmeras trocas, a maioria delas trocando suas escolhas nas primeiras rodadas por escolhas um pouco mais para trás, tem conseguido bons jogadores assim. Três jogadores sólidos nas três primeiras escolhas.
  • Touchdown: Rob Gronkowski passou desapercebido por causa de Gresham, mas é um tight end promissor de muita qualidade. O Patriots estava precisando. 
  • Hail Mary (Arriscando): Jermanine Cunninghan deverá mudar para outside linebacker no esquema 3-4 do Patriots. O time sempre teve sucesso com esses jogadores hibridos.  
  • Chute para fora: Fazer milhares de trocas e sobrar com  7 escolhas no último dia, 4 escolhas só na 7a rodada. Não gosto.
  • Nota: 2,5 joinhas.

4 .  New York Jets (2,5 joinhas)

  • Rd 1 – #29(29) Kyle Wilson (CB) Boise St 
  • Rd 2 – #29(61) Vladimir Ducasse (OG) UMass
  • Rd 4 – #14(112)  Joe McKnight (RB) USC
  • Rd 5 – #8(139)  John Conner (FB) Kentucky

Análise:

  • Necessidades básicas: DT, CB, SS, OL
  • Número de escolhas: 4
  • Rápida análise: O Jets é o time mais ativo no mercado livre, por isso ficou com poucas escohas no Draft. Kyle Wilson poderá se desenvolver atrás de Derrelle Revis e o recém chegado Antonio Cromartie. Ducasse vai entrar no lugar de Faneca logo de cara.
  • Touchdown: No dia do Draft nenhum. Mas algumas ótimas aquisições no mercado livre.
  • Hail Mary (Arriscando): Joe McKnight tem potencial enorme, mas uma carreira instável na USC.
  • Chute para fora: Dispensa de Faneca após a escolha de Ducasse.
  • Nota: 2,5 joinhas.

Também veja:

Concorda com a análise da AFC Leste ?

Anúncios
18 Comentários leave one →
  1. Arthur Santos permalink
    03/05/2010 18:09

    Não é pq sou meio parcial, mas não o draft do patriots foi no mínimo 3 joinhas ou 3.5 joinhas.
    Esse draft era muito profundo, e o time conseguiu: Um cornerback de nickel e melhor especialista do draft (McCourty), um TE titular (Gronkowski), um TE playmaker monstro (Hernandez), um inside linebacker SENSACIONAL, que era pra ser first round mas só caiu no draft pq fez um péssimo tempo no 40 yard dash (Spikes) e o melhor punter do draft (Mesko).
    Pode ser chato ver o patriots trocar o draft inteiro, mas a pick do terceiro round por exemplo, a gente começou o dia sem nenhum pick no terceiro round e acabou conseguindo ela. Sem falar que no próximo draft o patriots tem dois picks no first round e mais dois no second round.
    Contrariando assim a filosofia de outros times como o Jets que vendem o draft inteiro pra trazer jogadores veteranos ou problemáticos que não vão ficar mais de dois, três anos com o time.

  2. Eduardo Neves Silva permalink
    03/05/2010 19:58

    DOZE escolhas?! Danilo, existe (ou existiu alguma vez) limite para o nº de escolhas de um time no NFL Draft?

  3. ivan silvestri permalink
    03/05/2010 20:25

    Sou um crítico dos drafts dos Patriots, mas nesse caso sou forçado a concordar com o Arthur ao considerar bom o draft desse ano. Não dá para dizer que vai ser bom ou ruim, isso depende de muitos fatores, entretanto, as escolhas foram bem feitas e os jogadores foram escolhidos em condição que não lhes permite cobrar uma fortuna pelo primeiro contrato. Como lembrado, ficamos com quatro escolhas para as duas primeiras rodadas do ano que vem, um draft onde as escolhas de running back, por exemplo, serão melhores que as desse ano. Só o futuro dirá, mas acho que foi bom.

  4. 03/05/2010 20:36

    Não existe limites não Evandro. Concordo em vários pontos de vcs torcedores do Patriots. Foram atrás de necessidades e ficaram com escolhas para o ao que vem. Mas faltando jogadores de impacto.

  5. Cláudio permalink
    03/05/2010 22:38

    Jogadores de impacto? o Patriots no Draft não é de ir atrás de jogadores estrelinhas. Brady veio de um sexto round, Julian Edelman que se motrou ano passado um bom reforço pro time e ele veio de um setimo round, eu não me incomodo com muitas escolhas no final do Draft, pelo menos vêm dando “alguns resultados” essas ultimas escolhas.

  6. Leonardo permalink
    03/05/2010 22:39

    Boa Danilo, to com vc…. pegaram quantidade e futuros, nao caras q vao decidir no 1 jogo!!! e as analises do Draft sao agora, ninguem tem como prever o futuro!!!! haja vista o Bills ter 2,5 sow por causa do Spiller, ja q ele sim pode ganhar o 1 jogo pro time, diferente dos caras q o New England escolheu!!!

    AgoraDanilao, discordo do TD do Jets, com ctz foi Cromartie!!!! eles criaram a melhor dupla de CB na NFL e talvez da historia!!!! com esses 2 eu so jogaria com um Safety e colocaria mais um na linha defensiva (jogar no sistema 4-4) pra pressionar ainda mais e nao dar tempo de bolas longas, nao ia ter pra ninguem!!! huaIUAHIuhauIAHIUhaiuHAIUhaiuHAIua

  7. Arthur Santos permalink
    04/05/2010 02:18

    Eu entendo o que o Danilo quer dizer com jogadores de impacto. O patriots é um time chato quando você espera um draft de jogadores excepcionais, que fazem os torcedores comprarem a camisa e ficarem loucos pra vê-los em ação, tipo o que aconteceu com os Cowboys e Dez Bryant. O patriots é mais um time de trabalhar bem as trocas do draft e draftar jogadores que vão ser desenvolvidos e vão se adaptar ao esquema. Dá até raiva pra quem é torcedor dos Pats às vezes ver o time trocando picks quando poderia draftar um Sergio Kindle, Jared Odrick, Golden Tate ou Dez Bryant (jogadores dos quais nós tivemos a chance de draftar esse ano e deixamos passar, ou trocamos as picks).
    Mas como o Ivan falou, só o futuro dirá se esses jogadores com “menos nome” realmente serão só pra compor time ou terão um impacto gigantesco.

  8. Arthur Santos permalink
    04/05/2010 02:20

    E Leonardo, o que tu acha que o Rex Ryan vai fazer? hahahaha. O cara se puder vai mandar até o water boy pra blitz com revis e cromartie marcando (ainda acho que o cromartie vai ser o mais queimado dos dois, só ver quando o Brandon Marshall jogava em Denver).

  9. Rafael Augusto permalink
    04/05/2010 08:46

    Danilo, quando voce falou do chute pra fora dos Pats: “Chute para fora: Fazer milhares de trocas e sobrar com 7 escolhas no último dia, 4 escolhas só na 7a rodada. Não gosto.”, voce pode não gostar, tudo bem, mas as 3 últimas esolha dos Pats no sétimo round eram compensatoty picks, e ter essas escolhas nao pode ser um chute para fora, a outra escolha do sétimo round era a que o time sempre tem por direito. Os Pats já comecaram o Draft com 4 escolhas no sétimo round sendo que as compensatories picks não podem ser trocadas. Fora tudo isso Bill Belichick, técnico dos Pats, é mestre em achar grandes jogadores no final do Draft, quanto mais escolhas ele possui nos últimos rounds, mais chances ele tem de usar o seu talento em achar grandes jogadores. Por isso acho voce poderia reavaliar o Draft dos Patriots, pois NÃO É POSSIVEL voce achar que o Draft dos Pats foi no mesmo nível do Draft dos Bills, na moral, apesar de respeitar a opinião de todos.

  10. Leonardo permalink
    04/05/2010 09:49

    Assim, eu entendo o ranking do Danilo (entender nao significa concordar, ja q ele deu 1,5 pro Draft do Bears!!!! hehehhe) mas falo no sentido que entendi seu criterio. Ao elborar as notas ele considera o impacto iminente do jogador, e tomando o exemplo acima dado, o CJ SPiller eh um kra q pode decidir o 1 jogo pro BIlls, q na maioria dos jogos do ano passado tomou poucos pontos, e por isso e sow por ele a nota dos Bills foi essa.

    Os jogadores dos Pats, talvez com execeção do TE Rob Gronkowski e Devin McCourty (CB), nao devam começar agora. Tudo bem q como Bradyu ama fazer TD com TE (vide sua relação com o Watson), pra mim Gronkowski deve ter impacto imediato tb, mas qdo vc tem Welker (em bom estado de saude) e Moss (em qualquer estado) dificulta o TE receber grandes qtde de passe, sendo normalmente bolas curtas e de escape… POr td isso dah pra entender a nota do Dan, mas pra mim poderia ser um 3 tb!!!! ja o Bills drafto Spiller… e sow tb (logico q esse sow eh mto relativo ja q pra mim ele, se nao se machucar, sera utilizado e ficara em top 5 dos HB, se nao ficar eh pq nao sera utilizado com a frequencia devida devido Bills ter Jackson e Lynch)!!!

    • Rafael Augusto permalink
      04/05/2010 10:55

      Temos que respeitar a opinião de todos, porém eu acho que não se deve avaliar um Draft pelo impacto que o jogador irá fazer em seu primeiro ano, pois o jogador novato precisa de alguns anos para se acostumar com o estilo de jogo da NFL e se estrozar com o time, e as vezes um jogador demora varios anos para mostrar um bom football, como exemplo o WR dos Cowboys Milles Austin. E se formos analizar o impacto do jogador no time em seu ano de estréia teremos que dar nota 0 para os Saints, pois com o time que ele possuiu nenhum novato terá impacto imediato, e nota 10 para os Rams pois com o time ridiculo que ele tem qualquer jogador mediano irá causar impacto.

  11. Leonardo permalink
    04/05/2010 11:16

    Sim Rafael, é por isso que notas agora sao sobre apossibilidade de impacto atual (e um pouco do futuro) pq nao se tem como mnsurar o q o jogador vai ser daki 3 anos (tempo medio para trabalhar toda a potencialidade do jogador).
    Por isso, o q se tenta avaliar agora é qto o jogador pode fazer na nFL, e nao especificamente pro seu time. Ex: Bradford com ctz ira melhor o Rams, mas sera q ele tera numeros e atuações excelentes na NFL?? a respota disso é a nota q vc da pro draft dele (q conta tb colocação em q ele saiu e necessidade da posição pro time)!!
    Enfim, foi isso q eu vi o Dan expliando aki no site e acho q sao esses os seus criterios. Como feito por especialistas nos EUA, os criterios sao os mesmos e validos, pq o futuro nao se pode analisar, ha nao ser daki 03 anos analisemos esse Draft, ai sim teremos a nota real, agora sao sow hipoteses……………….

  12. 04/05/2010 13:35

    Galera, não tenho como ver o futuro (por isso fiz a análise do Draft 2007 a 3 semanas que é muito mais interessante e certo).
    O que eu levei em conta nas minhas análises do Draft foram: 1) o time foi atrás de suas necessidades ? 2) O time escolheu algum jogador que vai fazer um impacto certo em 2010 (Na teoria)? 3) O time vai melhorar com essas escolhas? 4) O torcedor saiu do Drat empolgado com seu time ?
    Lógico que na história da NFL tivemos milhares de bons jogadores escolhidos na 6a, 7a e até 10a rodada quando isso existia. Mas é uma loteria bem maior, a história do Draft mostra isso. O Patriots acertou na mega sena escolhendo Tom Brady na 6a rodada, mas praticamente todos os outros QBs de nossa geração foram escolhidos nas 1as rodadas.
    Eu só acho que o Draft do Patriots foi regular, nada demais , nada de menos, por isso o 2,5 (regular). Acho difícil algum torcedor do Patriots ter saído desse Draft empolgadissímo, mesmo com algumas boas escolhas.
    Mas faço essas análises para discutir mesmo as escolhas, não sou dono da verdade, nem tento ser, coloco a minha opinião e curto quando o pessoal vem aqui comentar, mesmo criticando minha opinião. Valeu nação Patriots, sempre representando aqui no Diário.

    • 04/05/2010 15:11

      Danilo: devo dizer que fiquei surpreso com a 3,5joinhas do Dolphins. Que viu minhas análises no meu blog pode ter a certeza: pra mim o Draft foi bom. Mas apenas isso. Não foi nada demais e nem acho – com todo o respeito a vc, que sabe que o admiro – que tenhamos feito o melhor draft da divisão, não isolado com certeza.
      O Touchdown poderia ser a troca com o Chargers, que nos deu uma escolha de segundo round, cortando em 50% o custo de trazer Marshall ( em picks é claro ). E Parcells tb gosta de escolher mais atrás no Dtaft, e isso ficou claro com a descida pra pegar Odrick, que poderá ser um DE dominante em pouco tempo e trazer Misi, que tem ( em tese ) tudo para ser um OLB melhor do que o time teve em 2009. claro que isso são apostas, mas eu gostei mesmo, pra valer, foi da escolha do Reshad Jones, que bate pra valer…

      parabéns pelas mudanças, sigo lendo, como diz o próprio nome, diariamente…

  13. 04/05/2010 19:14

    retificando, o Dolphins recebeu 3 joinhas. E mesmo assim, foi o melhor da divisão.

Trackbacks

  1. Analisando o Draft da AFC Norte « DIÁRIO NFL
  2. Analisando o Draft da AFC Oeste « DIÁRIO NFL
  3. Analisando o Draft da AFC Sul « DIÁRIO NFL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: