Skip to content

Defesa segura Bills e Patriots consegue a 10ª vitória seguida

24/11/2015

Foto:  Jim Rogash/Getty Images

TomBradyPatriots

Defesa segura Bills e Patriots consegue a 10ª vitória seguida

Defesa do New England Patriots (10-0) segurou o Buffalo Bills (5-5) no final para manter a invencibilidade e a segunda campanha 10-0 em nove anos.

Foi um jogo sem emoções no primeiro tempo, até Tom Brady achar o running back James White sozinho nos segundos finais do segundo quarto, o primeiro touchdown de sua carreira.

Tom Brady completou 20 de 39 passes para 277 jardas e ainda adicionou o audible “Rex Ryan” para provocar o treinar adversário.

Essa foi a 11ª derrota de Ryan em 15 partidas contra o arqui-inimigo Patriots.

O Patriots agora enfrenta o Denver Broncos no domingo à noite que não vai ter Peyton Manning pela segunda semana seguida.

 

Anúncios
21 Comentários leave one →
  1. Leo Cavalcanti permalink
    24/11/2015 11:51

    Reta final da temporada… agora não tem mais moleza e ninguém descansa até o final…

    Ontem mais um jogo equilibrado entre Patriots e Bills… como foi o primeiro confronto na semana 2… apenas o placar foi mais dilatado…

    No mais a rodada não apresentou grandes surpresas dentro do campo… mas teve uma baita surpresa fora deles…. e vinda dos 49ers… porisso estamos esperando pela opinião do U10…

    O que aconteceu realmente com o CK???… que ele desestabilizou os vestiários e o elenco, desde o ano passado é evidente… que ele não merecia o contrato que foi renovado idem, mas foi negociado e as partes aceitaram, inclusive Trent Baalke… mas o que os Niners irão fazer com ele agora???… será que algum time topa uma troca com um QB que não é nenhuma brastemp, que tem um salário pra lá de astronômico (tem os Eagles né… rsrsrs) ???… será que vai acontecer com ele o mesmo que aconteceu com o Tim Tebow???… e ele vai ser comentarista, ou vai ser aposentado precocemente??? essa história da contusão dele tá fedendo por toda baía de San Francisco… vamos ver o que o U10 tem a dizer sobre isso…

    Enquanto isso vamos vendo os Patriots novamente como favoritos pela AFC para o SB, e os surpreendentes Panthers pela NFC… . os dois estão invictos e dificilmente perdem essa condição tão cedo… a rodada 12 coloca os dois contra fortes adversários… os Patriots contra os Broncos em Denver… sem o “irmão mais velho” não deve oferecer muita resistência aos Patriots, e vão depender da defesa para segurar Brady & Cia… os Panthers irão a Dallas enfrentar os Cowboys com o Romo de volta… sorte deles que ele voltou na semana passada contra os Dolphins e finalmente os Cowboys voltaram a vencer… mas pra quem veio de uma contusão séria sem muito tempo de treinamento, enfrentar uma defesa tão sólida como a dos Panthers é tarefa para um QB de nível bem superior ao do Tony Romo…

    Agora o que não estava no programa de ninguém que tem aspirações a chegar ao SB pela NFC é essa reação dos Hawks… esses monstrinhos não podem ser alimentados… porque eles não tem respeito com ninguém… deram moleza né… agora aguentem as consequências…

    • Carlos permalink
      24/11/2015 14:20

      Concordo com a moleza dada aos Seahawks.

      Se tem um time que nunca pode ser subestimado é esse.

      Eu estava quase dando eles como fora, pois parecia que os wild card ficariam com Vikings e Falcons, além da concorrência dos Rams que para mim já não ameaçam mais.

      Acho que eles só não estão mais acima devido as contusões do Lynch e Lockette, além da tabela pauleira; mas contusões todos tiveram e alguns comos os Patriots vão se virando.

      Então minha torcida é que o cavalo paraguaio Falcons ganhe alguns jogos e fique com uma vaga do WC já que a outra deve ir para Minesota mesmo.

      • Leo Cavalcanti permalink
        24/11/2015 14:54

        Estamos na mesma torcida Carlos… mas é complicado torcer pros Falcons … rsrsrsrs…

    • Roberto permalink
      24/11/2015 21:39

      Não se preocupe Léo meu hawks não vão aos po esse ano só ganharam de time meia boca e ainda tem 3 pedreiras pela frente steelers,vikings e cardinals.

    • Roberto permalink
      25/11/2015 10:32

      Leo uma pergunta quem quiser contrata-lo vai ter pagar o salário que ele ganhava no niners é? Se for assim ele vai morrer esperando apesar que existe algo estranho ele pediu para fazer cirurgia para se curar mais rápido acho que algum time mostrou interesse por ele já.

  2. Ricardo Lima permalink
    24/11/2015 13:49

    Leo, me desculpe, mas exceto por Brady, Brees e Rodgers não vejo o Romo abaixo dos demais QBs da liga. Ele sempre foi subestimado (culpa do próprio, pelas cagadas na hora H), mas há pelo menos 2 anos o time deixou de ser unidimensional, a pressão diminuiu e ele vem jogando muito bem. Ano passado foi cotado a MVP e se não fosse o football move naquela bola do 10B podiam ter chegado ao SB. Quem vence quinta eu não sei, mas ele está a altura do desafio.

    • Roberto permalink
      24/11/2015 21:41

      Romo é igual o Andy dalton todo mundo sabe que na hora que o bicho pegar eles vão entregar a rapadura confio mais no Cam newton no que neles.

  3. Leo Cavalcanti permalink
    24/11/2015 14:52

    Ricardo
    Como você mesmo disse Tony Romo na hora H entrega mesmo… (não tanto quanto nosso querido Mark Sanchez)… mas ele é e sempre foi um QB mediano… ele nunca foi decisivo… colocá-lo abaixo dos citados, ou seja, entre os top 5, é no mínimo uma heresia… rsrsrs… lembra das vezes últimas vezes em que ele foi aos POs??? quando foi a última grande vitória dos Cowboys que ele comandou???…… quando o time precisa dele, ele entrega a bola pros adversários… é nessas horas que os muito bons fazem a diferença… agora colocar Romo entre os top 5 é forçar a barra amigo…

    Quando comecei acompanhar FA meu time favorito eram os Cowboys… por causa da dobradinha Aikman/Emmitt Smith… que sabia fazer a diferença na hora H e não entrgava nada pros adversários… eles sim podiam ser considerados top 5….agora tentar ir aos POs, confiando na dupla Tony Romo/Dez Bryant… hummm..fica difícil de acreditar né…. só mesmo o Bokonon, um mestre de voodoo que conheci em New Orleans no começo do ano… o cara devia estar chapado pois previu o SB 50 entre Cowboys e Steelers…

    Quanto ao desafio que ele vai ter na quinta-feira, pode até ganhar… mas vai ter que se superar e muito, o que acho difícil… vai enfrentar uma defesa que vai sempre pra cima do QB adversário… e dão muitas porradas… e poe apostar que eles vão explorar isso em cima do Romo… vão testar a recuperação dele… acredito que ele esteja totalmente recuperado… mas será que vai estar com toda confiança que esse jogo necessita???… essa dúvida somente vai ser esclarecida quinta-feira…

    • Ricardo Lima permalink
      25/11/2015 14:15

      Léo, vou sustentar a heresia hehehe. O Cara não pode carregar a cruz do que aconteceu há 6 anos para sempre. Última ida aos POs? Temporada passada, e a final de conferência escapou naquela football move… Última grande vitória? Este ano contra os Giants, tirando 13 pontos em 5 minutos e vencendo a 13 segundos do fim. Sobre os POs claro que este ano é missão impossível, mas se ele estivesse sadio, Dallas teria vencido pelo menos 4 jogos dos 7 que perdeu e PO hoje seriam uma realidade. Na quinta, contra Carolina, teremos uma grande prova sobre o velho/novo Romo. Abs!

  4. 24/11/2015 15:28

    E cedo mais ao me ver:
    Melho Equipe – Panthers
    Pior Equipe – Titans
    Maior Decepção – Colts
    Maior Supresa – Viking
    Maior Potencial Jovens Para os Proximos Anos – Raiders
    Equipe mais dificil de Vencer – Broncos
    Vexame do Ano – Saints(infelizmente) Chargers Lions Ravens
    Equipe que Sofre com Lesões – Steelers Ravens
    Equipe é a Mesna Coisa Todo Ano – Browns Rams

  5. U10 permalink
    25/11/2015 10:31

    Eu acho que está na Hora de Evoluirmos…

    Sim, durante os últimos quatro anos, temos visto o U10 falando a respeito de coisas menores dentro do site e isto, realmente, tem me causado certa passividade, uma vez que podemos elevar as discussões em vez de ficarmos simplesmente “hateando” o Patriots e o Seahawks (não que não seja divertido fazer isso) mas eu particularmente, sei que posso ir mais longe e efetivamente contribuir mais para com o site e as discussões apresentadas aqui, especialmente pelo fato delas serem livres, não-necessariamente ligadas ao assunto do post. Foi assim que crescemos e assim que nos tornamos parceiros neste espaço.

    Futuramente, muitas coisas vão mudar, especialmente se o tempo que eu tenho disponível aumentar, mas por agora, sinto que está na hora de jogar num nível mais competitivo.

    • Roberto permalink
      25/11/2015 10:36

      Pelo visto os últimos dias nosso querido U10 estava em uma reflexão profunda,se tiver que mudar mude pois sempre queremos ouvir seus comentários.

      • U10 permalink
        25/11/2015 13:02

        Não tava refletindo não, rs… tava trabalhando.

        Abraço.

    • Carlos permalink
      25/11/2015 15:53

      Eu queria ver um podcast com a galera que mais manja aqui do site, pois sempre baixo alguns como os do “fumblenanet” que além de divertido é possível conhecer um pouco mais do nosso FA

      • U10 permalink
        25/11/2015 16:20

        Daqui há algum tempo vc verá meu amigo, pode anotar.

  6. U10 permalink
    25/11/2015 10:34

    Este é um dos textos que escrevi para o site, é uma coluna, tipo as que haviam nos jornais por aí… talvez algum dia vejamos algo parecido publicado em algum lugar:

    COLIN KAEPERNICK E O MONSTRO DO ARMÁRIO

    Eu me lembro. Eu havia chego do trabalho e pego aquela heineken gelada e procurado alguma coisa pra mastigar, mas não sem antes ligar a TV para assistir ao glorioso San Francisco 49ers num jogão contra o sempre encardido Chicago Bears. Era uma segunda-feira, a exatos três anos atrás.

    Dia 19 de Novembro de 2012, Candlestick Park e um novo protagonista: Colin Kaepernick. Mas eu ia me esquecendo, essa história tem um prólogo muito doloroso:

    Se você é torcedor do 49ers, sabe que em 2005, tivemos a oportunidade de sairmos do Draft com um Quarterback refinado, advindo de Cal, que possuía uma boa pontaria, mas era questionado sobre seu “release” e seu braço (dá pra acreditar?!) esse menino se chamava Aaron Rodgers. No entanto, o “cara” era um adolescente ainda de 20 anos, produto do esquema de Utah, com grande capacidade de decisão, ótimos passes e excelente mobilidade (eu sei, os scouts às vezes matam a gente!), o seu nome era Alex Smith e foi a nossa primeira escolha geral. Mesmo tendo jogado todos (sim, todos os snaps) de sua primeira temporada, dava pra ver que esse menino não era tudo isso e, o grande destaque do time era outro calouro de Miami: Frank Gore. Os anos se passaram, Gore se tornou o maior running back de todos os tempos do Niners, Aaron Rodgers um dos quatro Qbs top e o nosso Alex Smith (até 2011) top 10 de qualquer lista de maiores busts de todos os tempos. Enfim, sabe quando sua mãe diz que você escolheu a mina errada pra tua vida e você acha que ela está com ciúme, mas anos depois cai a ficha e você sente que desperdiçou tanta energia à toa, que essa escolha te custou muito caro e agora só resta arcar com as consequências.

    Pois bem, o mais incrível deste prólogo, é que o seu final não foi amargo. O Alex Smith estava realmente jogando muito bem. Teve uma batalha épica contra o Saints na pós-temporada anterior e vinha fazendo uma boa temporada em 2012, até que teve uma concussão no jogo contra o Rams, fato que motivou ao inovador técnico Jim Harbaugh a dar a titularidade naquela partida para seu “Wild Cat” QB Colin Kaepernick.

    E lá estava eu tentando abrir o pacotinho de amendoim salgado, quando vejo o primeiro passe do CK: alto, rápido, com “zip” nas mãos do recebedor e lembro de ter parado e olhado melhor pra TV. Nessas horas, eu até abaixo o som, para me concentrar melhor. A DB do Bears era muito respeitável (naquela época) com Tillman e Jennings voando, ainda assim, eles não viram Crabtree, Davis e companhia o jogo todo. Lembro de ter ligado pro meu pai e ouvi ele dizer: tem talento esse guri! Lembro de ficar até o final da partida e ir dormir de madrugada pensando: achamos o nosso Quarterback!

    Nas partidas seguintes vi algumas pauleiras, a revanche contra o Saints e um dos melhores jogos do ano, contra o Patriots do inspirado Brady Boy. O jogo contra o Packers, que ele correu pra mais de 200 jardas foi uma coisa surreal e a virada contra a ótima defesa do Falcons foi daquelas pra dizer: vou agora comprar a camisa desse cara na internet! Mesmo no Superbowl (o primeiro que perdemos em nossa história) não dá pra dizer que ele jogou mal, apenas que o Flacco jogou melhor e que Ray Lewis merecia encerrar sua carreira com mais um anel.

    Aquela foi a décima partida que ele começou na vida e, infelizmente, não sei se posso contar dez grandes jogos dele depois disso. Existe um monstro no armário e ele se esconde atrás dos beijos no biceps (momento vergonha alheia, mas tudo bem), das muitas tatuagens ou da centena de tênis colecionados. Ele é maior do que o contrato multimilionário, que as brigas no vestiário ou da indiscutível falta de recebedores. Esse monstro é tão grande que custou o emprego do mentor Harbaugh e, com isso, a saída de jogadores como os HOF Justin Smith e Patrick Willis, além das não renovações de Iupati e cia.
    Éramos o melhor time da NFC, três anos depois somos a piada que vê num QB dispensado pelo Jaguars (peeelo Jaguars, tem noção?!) a nossa salvação. Não vou criticar o General Manager aqui (é a minha primeira coluna no site, não vou perder o espaço por bobeira), mas eu desejo que o Baalke vá administrar um time checheno lá na Sibéria, pra ver o que é bom pra tosse! Somos a pior franquia em termos de involução na história da NFL e, sediaremos o Super Bowl 50, aquele que talvez seja o mais emblemático de todos.

    Tem um monstro no armário e um QB com medo. Medo de ser grande, de encarar suas dificuldades de leitura de defesas, de suavizar seus passes, de utilizar mais pump fakes, de correr com a bola como se não houvesse amanhã… medo de ser o capitão e líder de uma das maiores franquias, de qualquer esporte, no mundo!

    Tirem esse monstro do armário, se possível, tirem o armário. Tem um time de futebol americano que quer voltar a ser grande e um ser humano que quer precisa voltar a ser Quarterback!

    U10

    • U10 permalink
      25/11/2015 10:35

      Espero q a resposta tenha sido satisfatória, Leo.

  7. Leo Cavalcanti permalink
    25/11/2015 13:16

    U10…
    Eu esperava uma abordagem menos passiva e um pouco mais eloquente…mas o momento do seu San Francisco 49ers merece mesmo uma retrospectiva como a que você fez… na vida algumas vezes fazemos as escolhas erradas na hora certa… e com o tempo temos que pagar por essas escolhas…

    Como entusiasta do FA, vejo os jogos sem aquela paixão desmedida, seja pela distancia, seja pela minha pouca capacidade de entender o que ocorre fora dos campos de jogo, seja pela dificuldade do idioma… enfim eu me encantei pelo FA vendo a dupla Aikman/Emmitt Smith… era uma coisa fabulosa essa dupla… não tive a oportunidade de ver Joe Montana/Jerry Rice… mas vi outros grandes jogadores desde então…. mas são especificamente essas combinações entre QB e WR/RB que fazem o espetáculo… e está principalmente nas mãos do QB a chave da vitória… eles que tem capacidade de mexer com o coração das equipes e dos torcedores…

    Como já foi assunto de outros posts, estamos vendo o final de uma era de pelo menos 6 grandes QBs… todos eles fantásticos, todos merecedores do HOF… mas todos eles são efetivamente winners players???… não acho que todos eles sejam… nosso maior recordista em atividade é um winner player de verdade???… com todos seus recordes pessoais ele nunca vai ser imortalizado, pois seus recordes são apenas dele… e não das equipes em que ele jogou… diferente do Tom Brady por exemplo… ele tem espírito de equipe… o mesmo ocorre com o Aaron Rodgers… esses 2 sim, e apenas esses, são winners players de verdade… os outros … Big Ben, Drew Brees, Flacco e aquele recordista são excepcionais jogadores… mas não tem o sangue nos zóios que a dupla Brady/Rodgers tem…

    Tudo isso pra falar da nova geração que está em atividade pra substituir a que está saindo de cena….

    Nossas apostas eram até a temporada passada, pela ordem, em Luck, CK, Russel Wilson, Andy Dalton e Cam Newton certo???…

    Com a temporada afunilando o que temos agora… Andy Dalton e Cam Newton brigando para serem MVP… Luck tentando se recuperar de lesão… RW tentando reencontrar seu jogo e CK colocado a disposição pelos 49ers…. o que aconteceu nesta temporada pra chegarmos a este ponto…

    O Luck comandou sozinho os Colts em várias ocasiões…. embora sempre na hora errada…

    Nunca achei o CK um grande QB, como todos devem lembrar, assim como nunca acreditei no Russell Wilson… aliás a semelhança entre os dois é bem grande… ambos tem boa corrida… braço bom… boa visão… alguns bons lançamentos… a grande diferença é onde jogam… RW foi lançado numa equipe vencedora… já o CK está em uma equipe que está se desmanchando… ambos não estavam preparados para as missões que lhes foi confiada… RW nunca comandou sua equipe na hora certa… e CK comandou sozinho sua equipe na hora errada…

    Dalton e Newton estão no comando das suas equipes na hora certa… ambos subindo de produção no momento em que suas equipes precisam… e jogando com consistência… acho que o maior mérito dos dois tem que ser dividido com os HC e GM dos Bengals e Panthers que apostaram nos seus QBs e montaram as equipes para eles mostrarem serviço… e são winners players… (pelo menos o Cam Newton é… rsrsrsrs)

    É exatamente isso que faltou pro CK em San Francisco… uma equipe montada em torno do seu QB… ele tem culpa no cartório???… claro que tem… desde que aceitou aquele contrato mirabolante deveria ter pensado nas consequências que iriam vir… agora é juntar os cacos e esperar o que virá… é uma pena ter acontecido isso com ele… fez a escolha certa na hora errada… pelo jeito ele não deu ouvidos pros conselhos da mãe, que sabia que não era a hora dele assumir a responsabilidade de liderar uma equipe tão vitoriosa… afinal ela sabia que seu filho nunca seria um Joe Montana…

    • U10 permalink
      25/11/2015 16:19

      Na verdade Leo, o texto acima não é necessariamente, uma resposta ao seu questionamento, é uma COLUNA que eu escrevi pra ser inserida no site. Como não deu certo, eu apenas a reproduzi nos comentários.

      A resposta ao seu questionamento é a seguinte:

      Esquemas X Quarterbacks… eis a questão.

      Hoje vemos um esquema legal e bem definido na NFL. Ele está no desacreditado Eagles. Sim, ali nós vemos um esquema muito legal, mas que não vai dar certo… mesmo! Tinha os RBs certos, o WR certo e até hoje não achou o QB certo… e vai acabar sem achar. O Shady McCoy junto ao Sproles funcionavam muito bem, e o Maclin era um WR profundo, algo legal, mas o Foles não dava certo, assim como o Bradford não dará certo. Pro esquema do Kelly dar certo, ele precisa de ter um QB q faça leituras muito rápidas, seja suficientemente móvel e q adore um playaction… sim, ele precisa de Russell Wilson ou de Aaron Rodgers, no melhor dos casos.

      Outros caras que podem atuar nesse sistema são Alex Smith (mas falta braço), Tyrod Taylor (falta leitura), Marcos Mariota (falta experiência), Johny Manziel (falta cérebro) e três apostas que seriam interessantes:
      – AJ McCarron – Sim, o macarrão de Alabama. Draftado pelo Bengals e que não tem nenhuma chance de ser starter, pq o Dalton tá comendo a bola. Não podemos nos esquecer q ele foi treinado por um dos melhores técnicos da NCAA e que está aprendendo com o cara q é de longe o melhor Coordenador Ofensivo do ano. Isso traz certo conhecimento do jogo, ele tem um braço ok, boa movimentação e foi um vencedor em sua carreira.

      – Aaron Murray – Se eu fosse treinador na NFL, teria esse menino no meu time hoje! Ele foi QB de Georgia, casa de ótimos QBs como o Stafford, por exemplo. Conseguiu mais 3.000 jardas em todas as suas temporadas e só caiu no Draft por causa de uma séria lesão no joelho. Ele é bom, inteligente, rápido, tem um tamanho aceitável e vem de um esquema mais pro. Tem um problema q é o técnico Andy “Leôncio” Reid e sua fé cega em Alex Smith.

      – Brett Hundley – Já q é pra foder com tudo, vamos com o calouro de UCLA. Ele é melhor q o Sam Bradford e q o Butt Fumble. Ponto. Isso é inegável. Ele não está tão preparado quanto os outros dois citados, mas alguém no mundo tem alguma dúvida de q aqui há quatro anos o A-Rod não será QB em Green Bay? O cara vai estar no auge da carreira, então o Hundley é somente moeda de troca. Ele se encaixa no sistema do Eagles e pode ser bom QB na NFL;

      O Problema é… SAN FRANCISCO 49ERS NÃO TEM ESQUEMA!

      Tem um dos piores jogos ofensivos da NFL e, não dá pra dizer com certeza qual é o sistema ofensivo q o time tem. Não dá pra saber nem qual é o Running Block Scheme q a gente trata quando vai jogar no parque, tipo assim: João vc vai sair daqui e bloquear o Pedrão ali, para o Marcão passar! Nem isso dá pra ver no Niners!

      Então, eu não consigo nem prever qual o melhor tipo de QB pra nós. Gosto do Cook, mas ele vai ser devorado. A menos q nós draftemos a reencarnação do Jim Kelly, o ser humano mais inteligente q já tocou uma bola oval e q monte pra nós uma K-GUN, com os audibles mais cabulosos da galáxia, nós não chegaremos a lugar nenhum.

      Eu culpo o CK pela passividade, não pela idiotice do Baalke de lhe dar um contrato idiota, mandar o Harbaugh embora e não ter nenhum WR com menos de 35 anos q preste! Poderia ser Peyton Manning no auge aqui, q daria merda! Não estou brincando, quem brincou foi o Seahawks domingo. Se eles quisessem teriam feito 60 pontos em nós, fácil.

      Já disse isso e volto a dizer: Sou 10 vezes melhor GM que o Baalke. Se eu fosse, nosso treinador hoje seria Brian Kelly, puta treinador de Notre Dame, um milhão de vezes melhor do q o Ratinho!

      • Leo Cavalcanti permalink
        25/11/2015 17:14

        Agora sim…. rsrsrsrs… esse é o Big Teacher…. mata a cobra e mostra o cajado(rsrsrsrs.. nunca eu iria completar o ditado corretamente…)

        O grande problema hoje é falta de planejamento de longo prazo nas equipes com camisas “entorta varal”…. veja o caso dos Cowboys, seu Niners, Steelers, Giants e até mesmo Packers (é o único que tem salvação no momento)… do jeito que a coisa vai indo logo logo até os Patriots vão ficar com camisa entorta varal (ainda não são…)

        Sei lá… parece que os GM ficam contentes quando vão aos POs… e esquecem que uma equipe demora um certo tempo pra ser formada… então é preciso além de bons olheiros, deixar um pouco de lado aquela coisa de jogar apenas com a camisa… a amarelinha um dia assustava todos adversários…. mas ficou acomodada com o peso que a camisa tinha… hoje ninguém respeita mais… precisa descer ao fundo do poço pra poder dar uma renovada… o problema é que em alguns caso no fundo do poço tem areia movediça… rsrsrsrs….

        Enquanto o Goodell mantiver os “owners” das equipes sob controle a coisa dificilmente mudará… o cara sabe dar retorno a eles… então não podemos esperar mudanças tão cedo… isso é ruim???… pelo contrário… aumenta a chance de equipes sem camisa entorta varal disputarem o SB… o sistema está sendo ruim pros acomodados… quem tem visão de longo prazo pode se dar muito bem na NFL… no final da temporada vamos falar muito sobre isso…

      • u10 permalink
        25/11/2015 18:23

        Oq vou dizer, vou dizer com profunda dor no fígado, mas precisa ser dito: Os Patriots e sua camisa entortam varal!

        #ProntoFalei

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: