Skip to content

Maiores Busts da Década

10/12/2015

MarkSanchezJetsButtfumble

Maiores Busts da Década – Primeira Parte

Por U10

Caminhamos para o final desta temporada (tudo que é bom dura pouco, pacote promocional de internet, o corpo enxuto daquela mina gata, promoção de cerveja, etc) mas parece que nada acaba tão rápido quanto o seu salário e a temporada da NFL. Bem, quanto ao teu salário, nós aqui do site não podemos fazer nada apenas torcer para que você ganhe sozinho na Mega Sena, mas quanto a NFL, nós passamos o tempo inteiro falando desse assunto que toma conta das nossas horas, vagas ou não, mas que mesmo assim damos um jeitinho para saber o que está rolando com as nossas franquias e nossos jogadores prediletos.

Tá aí uma coisa que o futebol de bola redonda deixou de ter: o Franchise Player, ou o cara da franquia. Sim, acontece de existir um Messi no Barcelona, que ninguém no mundo vai comprar, só que o Barcelona tem dinheiro para comprar qualquer jogador no mundo. Se tivesse como, ressuscitariam Garrincha, Puskas e Eusébio. Da mesma forma que existem casos de caras da franquia fazer sucesso em dois times, como o Peyton Manning (Colts e Broncos) ou Reggie White (Eagles, Packers e Panthers… alguém corrija a Wikipedia em português porque lá está errado! kkk), mas, basicamente, a principal forma de um jogador iniciar na NFL e consequentemente num dos times, é através do decisivo Draft.

Devido ao fato da temporada chegar ao seu fim, podemos dizer que os jogadores que tinham algum motivo para se destacar no presente ano já o fizeram, bem como aqueles que nos decepcionaram (né Colin Kaepernick) e logo vamos começar a falar sobre o Draft e sobre toda a aura de esperança que invade os nossos corações e que nos faz sonhar com o novo Tom Brady, um novo Ladainian Tomlinson ou um novo JJ Watt em nossas franquias questionadas, incompreendidas, mas tão profundamente amadas.

Todos sonhamos, mas a realidade é cruel, tão cruel que em nenhum esporte os BUSTS são vistos com tamanha importância e listas e mais listas são formadas. Geralmente, não se muda muita coisa na lista dos “eleitos” para esse Hall da Desonra. No entanto, o nosso site está um passo à frente e, trabalhei duro na eleição das 10 piores seleções dos últimos 5 anos. Para não “queimar” precocemente ninguém, a lista toma por base o período de tempo entre 2009 a 2013. Sim, eu poderia colocar o running back Bishop Sankey nessa lista, afinal ele merece, mas só foi draftado em 2014. Mas que foi uma escolha jogada no lixo, foi.

Esta lista será muito polêmica, mesmo tratando-se de um curto espaço de tempo, a lista não é por ano e sim por jogadores e o impacto que essa escolha errada teve no time, fez com que ela tivesse melhor ou pior posição. Espero, no fundo do meu coração, que isso nos faça refletir um pouco a respeito de nossas amadas franquias e quanto algumas delas (né Niners) cometeram erros que as levaram aonde estão.

10ª POSIÇÃO: Sam Bradford – Quarterback – Rams

1ª Escolha Geral (2010)

Sammie boy fez carreira em Oklahoma e fez UMA temporada irreparável em 2008, lançando pra 50 TDs e vencendo o Prêmio Heisman (que vocês vão ver abaixo, que não representa tudo isso) de melhor jogador universitário da NCAA. Só que o time tinha a melhor OL da época, com Trent Willians e Phil Loadholt (ambos titulares absolutos da NFL, desde o primeiro snap). É importante destacar também que Sam disputou apenas duas temporadas completas, sendo colocado na lista de machucados (IR) por uma lesão em sua temporada de Junior (terceiro ano). Como se pode perceber, estava escrito: ele era um jogador com certas lesões. Ainda assim os obstinados Rams tinham a primeira escolha geral, num draft recheado de ótimos talentos. Aquele foi um Draft Top 5 da história da NFL, para se ter uma ideia, das 7 primeiras escolhas o único cara que não foi ao Pro Bowl foi ele.

A carreira de Bradford foi marcada por uma boa temporada inicial, onde marcou 18 TDs e teve 15 Interceptações. Mostrou certa promessa, ganhando inclusive o título de calouro do ano, mas é muito pouco. Sua carreira foi de lesão em cima de lesão e, hoje jogando (ou melhor, se lesionando) com Chip Kelly, mostra que não evoluiu nada, desde a sua primeira temporada na NFL.

Só pra deixar o mundo lamentando 5 caras deste Draft: Rob Gronkowski, Gerald McCoy e três WRs Dezão Bryant, Demariyus Thomas e Toninho Marrom… parece sacanagem né.

9ª POSIÇÃO: Aaron Curry – Linebacker – Seahawks

4ª Escolha Geral (2009)

Já ouviram o termo Workout Warrior? Ele é utilizado para definir um cara que faz uma temporada de treinos específicos para participar dos dois Combines (sim, geralmente são dois principais) para mostrar suas qualidades aos olheiros dos times. Curry era o coração da defesa do time de Wake Forrest e destruiu nos Combines, chegando ao ponto de ser considerado “a escolha mais segura” do Draft de 2009, sendo cotado para a primeira escolha geral, (E você ainda se lamenta ao deixar de pegar a mina mais linda da balada né… é só lembrar da célebre frase: É uma Cilada, Bino!). Bem, ninguém avisou aos Seahawks e eles selecionaram o menino e lhe deram U$ 34 milhões de doletas garantidas, sendo que ele conseguiu 130 tackles na carreira pelo time. Para se ter uma ideia, Patrick Willis fez  164 tackles na primeira temporada. Alguém tem noção do que é isso? Não, nós não temos noção. Definitivamente não. O “problema” é que no Draft tinha disponível um tal Clay Matthews de USC (Sim, treinado por Pete Carroil, que no ano seguinte viria a ser treinador do time), o bom Bryan Orakpo, que consegue sempre estar atormentando os QBs e o Bryan “Esteróides” Cushing, que pelo menos é seguro em seus tackles.  Mas, se quisessem poderiam ter feito a troca que levou o Mark Sanchez para o Jets, mas vou contar essa história mais pra frente.

8ª POSIÇÃO: Darrius Heyward-Bey – Wide Receiver – Raiders

7ª Escolha Geral (2009)

Tem cara que é doido por loira, outros por chinesas e outros por minas de pé pequeno. O falecido Al Davis, dono do Raiders, era noiado por velocidade. Não tipo uma Ferrari, mas sim jogadores rápidos no malfadado Combine. Tyvon Branch (2008), Jacob Ford (2010), Fabian Washington (2007), Stanford Routt (2005). Ele não conseguiu pegar o Devin Hester e o CJ2K. No entanto ele se superou em 2009 e pegou o DHB, pra surpresa do universo e do próprio Darrius, que era jogador mediano em Maryland. (Isso me parece uma tal história de um jogador que era banco no São Paulo FC e foi comprado pelo Barcelona? Fica quieto U10) O DHB não sabia receber a bola, sabe a paradinha do diamante com as mãos que você aprende no primeiro dia que joga futebol americano? Então, nem isso o maluco sabia fazer. E, pra piorar a situação o Raiders não tinha o melhor ataque do mundo na época. Caso o time fosse escolher algúém para o ataque, tinha várias opções muito mais confiáveis: Crabtree, Maclin, Harvin, uma galera na posição de WR. Pensando naquele ataque horroroso, tinha Arian Foster disponível. Ele faria uma dupla incrível com o outro sempre lesionado Darren McFadden, especialmente num time que tinha o Jamarcão como quarterback. No dia em que eles estivessem saudáveis, seria o apocalipse para os adversários.

7ª POSIÇÃO – Mark “Buttfumble” Sanchize – Quarterback – Jets

5ª Escolha Geral (2009)

Rex Ryan montou uma puta defesa. Um time que defendia e corria com a bola com muita propriedade. Tinha uma linha ofensiva muito interessante e até o Special Team, com Brad Smith era legal de se ver. Só faltava uma pequenina peça na engrenagem: o Franchise QB. Para isso, ele ofereceu a Cleveland três jogadores, mais uma escolha de primeira rodada e uma alta de segunda rodada. Esse Bust é tão grande pelo seguinte:

  1. Poderiam ter escolhido os LBs citados acima.
  2. Poderiam ter escolhido os WRs citados acima.
  3. Poderiam ter escolhido Vontae Davis, Malcolm Jenkins, Jairus Byrd ou Patrick Chung com as duas escolhas, algo que faria aquela DB uma monstruosidade.

Os três jogadores escolhidos foram: Abraham Elam, era um bom safety, especialmente contra o jogo corrido. Kenyon Coleman era um DE muito seguro, que inclusive liderou a liga em tackles na posição. Brett Ratliff não conta porque era um QB Backup. No entanto, são potencialmente 5 jogadores que deixam o seu time para a entrada de um que:

Foi titular apenas um ano em USC e o seu próprio treinador, um cara que não entende quase nada chamado Pete Carroll disse que ele não estava preparado para ser jogador profissional. Não apenas para ser QB titular, para ser jogador profissional. Isso só já mataria a conversa. Mas ainda existem os fatos constrangedores: seu sucesso, muito mais baseado na forte defesa que batia no Brady Boy e companhia, sua dificuldade indiscutível de aprender o jogo e lances “felomenais” como o nosso amado e inexplicável buttfumble.

Ah, só pra constar: rolou um contratinho de 50 milhões de Obamas, cerca de 200 milhões de reais hoje. E você ainda reclama da vida.

6ª POSIÇÃO

Aqui eu podia colocar apenas um jogador, mas não sei se vai rolar muita discussão neste post e ando meio chato ultimamente, não sei é por causa do meu aniversário que não foi lembrado ou porque dezembro sempre é um mês chato, ou porque não tá tendo muita audiência os paranauês aqui… então resolvi apelar:

TRINCHEIRAS 2013!

Sim, se o teu time teve escolhas altas em 2013 e, escolheu caras para as trincheiras, você se ferrou…. Tem dúvida? Então acompanha comigo:

1ª Escolha Geral – Eric Fisher (Chiefs): o pescador é ruim de Left Tackle. Não tem trabalho de pernas, tipo você na balada eletrônica ou fingindo que dança forró. Meu, não sei nem se como Guard ele vai pra frente.

2ª Escolha Geral – Luke Joeckel (Jaguars): esse cara era cotado para ser a primeira escolha geral e não dá pra dizer q o Chiefs escapou de uma, porque caiu em outra pior. Segundo o site Pro Football Focus (uns manos lá que analisam as paradas) ele foi o pior o Tackle de 2014. Sim, JJ Watt agradece.

3ª Escolha Geral – Dion Jordan (Dolphins): Não dá pra saber né, vive com substâncias proibidas por tanto tempo e tantas suspensões que não dá nem pra dizer que ele estreou na NFL, acho que ele deve estar pensando que está jogando pelo Oregon Ducks ainda.

4ª Escolha Geral – Lane Johnson (Eagles): esse não é tããão ruim, mas rapaz… rapaz! Queimaram uma escolha tão alta em um right tackle, sério? Se a gente for pensar que nessa escolha o Eagles podia ter pego Kwan Short (DT), Sheldon Richardson ou Ziggy Ansah, só pra citar a DL do time que era uma das partes fortes do time, especialmente numa divisão onde as OLs são historicamente fracas, tirando a aberração que é a OL dos Boyz é claro. Quando penso nessa escolha, lembro do Chip Kelly e escuto um sino na minha cabeça. Será que sou só eu? Ou tem algum torcedor do Steelers que ouve também?

6ª Escolha Geral – Barkevious Mingo (Browns): Sem chance, não sabe jogar futebol americano.

7ª Escolha Geral – Jonathan Cooper (Cards): Serve e é titular, mas é jogador de terceira rodada fácil. Era só escolher um tal Deandre Hopkins e por para jogar junto com Larry Fitzgerald e Michael Floyd. Garanto que a Legion of Boom teria alguns pesadelos.

Eu poderia ir mais longe e falar de outros caras que não atingiram as expectativas, mas dava para falar de uns carinhas desse draft, tipo: Tyler Eifert, Travis Frederick, Eddie Lacy ou Gio Bernardi, além daqueles que já citei. Eu só não sei porque esse ano foi tão MODINHA para as trincheiras, sério mesmo! Parece que alguém falou, “oh agora todo mundo corta o cabelo tipo o Ronaldo na Copa de 2002”. Não tem explicação, tanto jogador ruim das mesmas posições sendo escolhidos tão alto. Caras excepcionais destas posições foram selecionados mais tarde com muito mais Hype saindo da NCAA em anos anteriores: Max Unger (Oregon, 2ª Rodada), Maurkice Pouncey (melhor OL da NCAA no ano anterior, 18ª Escolha), JJ Watt (11ª Escolha) e o próprio queridinho da mídia Nick Fairley, pergunta para o Leo, o quanto ele era amado em Auburn? Foi a 13ª Escolha geral… então, à vezes os astros conspiram realmente contra o seu time.

Bem, essa foi a primeira parte do texto, se for publicada e tiver alguma audiência, nós vamos pro nosso Top Five, que terá sim, ainda mais polêmica.

Concorda com o texto, discorda? Escreve aí, deixa o seu comentário, nem que seja para contar que usou o cabelo vergonha alheia do Ronaldo ou que o seu time só sabe escolher quem não presta, tipo a sua irmã.

 

Anúncios
22 Comentários leave one →
  1. 10/12/2015 16:40

    U10, concordo com os nomes tirando o do Mark Sanchez. Ele foi um sólido quarterback em Nova York, indo a duas finais da AFC e vencendo jogos importantes. Ele ficou marcado por esse bizarro jogo contra o Pats, nada deu certo para o Jets e muito menos para ele, mas sua carreira por lá foi OK. Culpa muito maior nas derrotas e confusões nos coordenadores ofensivos que passaram por lá. (Tony Sparano o pior que já vi)
    São raros os times que foram ao Super Bowl sem um QB de franquia escolhido pelo time no Draft, é preciso arriscar e até fazer loucuras. Safeties vc acha no mercado, QB não.
    Carroll achava que ele deveria ficar mais um ano em SC para pegar experiência e virar profissional, decidiu acelerar o processo, nada que um ano na NFL não ajude a pegar essa experiência.
    Acho que até hoje não existem 20 qbs melhores que ele na NFL.

    • U10 permalink
      10/12/2015 17:20

      Salve Danilão, eu coloquei o Sanchize na lista pra dar movimento, uma vez q os top 5 são os de maior polêmica mesmo…

      Mas vc abriu uma discussão legal, vinte e um QBs melhores q Sanchez, vamos lá

      Os 3 melhores
      Tom Brady
      Drew Brees
      Aaron Rodgers

      5 Caras com Anel
      Big Ben
      Eli Manning
      Peyton Manning
      Russell Wilson
      Flacco

      Caras que são de ponta
      Cam Newton
      Andy Dalton
      Carlson Palmer
      Tony Romo
      Matt Ryan

      Caras jovens q estão despontando
      Andrew Luck (deu uma decaída brava esse ano)
      Carzinho
      Teddy água da Ponte
      Brockador
      T-Mobile

      Caras bons em times ruins
      ORivers
      Matt Stafford
      Blake Bortles

      Caras contestados, mas q ainda assim são melhores q Sanchez
      Alex Smith
      Jay Cutler
      Fitzmagic
      Ryan Tannehill (por muito pouco)

      Calouros café com leite (não estão na conta)
      Maricota
      Jamais Winston

      São 25, não estou considerando o Bradford, pq ele é tão bust quanto o Sanchez. O Kirk Cousins deixo pra vcs analisarem.

      Acho q o Sanchez poderia ter saído de USC um ano depois, melhor formado e certamente teria melhores resultados na NFL.

      • Yuri permalink
        11/12/2015 12:32

        Eu acho q vc deu uma forçada em alguns ai U10, eh quem eh akilo, os momentos ruins ficam mais marcados que os momentos bons, eh a fritura que tão fazendo com o Manning por exemplo, e que fizeram com o Rogério Ceni nos ultimos anos, e olha que sou torcedor do Santos 😛

        Enfim, os anos bons dos Sanchez nos Jets, vou usar eles como base, pq com o clima zuado e o staff zuado dos Jets ninguem ia produzir la

        Mas vamos la

        Concordo com todos os QBs, até aqui

        Caras jovens q estão despontando
        Brock Osweiller voce sacaneou neh ? hua
        Ele tem praticamente 4 jogos, ta com 5 TD e 3 INT, e com aquela defesa de Denver jogando o que jogou nesses 4 jogos, se colocassem o Punter la pra lançar, tinha sido a mesma coisa

        Teddy BridgeWater
        Ontem ele foi muito bem, mas contra os Seahawks por exemplo, ele foi horriiiiiiiiiivel hua
        Não da pra falar que um cara que tem 9 Tds em 13 jogos eh melhor que alguem

        Tyrod Taylor, to gostando muito dele, mas ta primeira temporada, e ja vimos esse filme antes, neh RG III 😛

        Blake Bortles, esse ano ele ta indo mto bem, mas ano passado ele foi horriiiiiiiiiiiivel, 11 Td e 17 int + 4 fumbles, mas ele ta ali, empatado eu acho, com mais uma temporada, acho q ele passa o Sanchez

        Mas são 21 mesmo assim

        Alias, enquanto fui pesquisando e comparando e escrevendo, vi que o Sanchez mesmo nos melhores anos, eh na media
        E nos outros anos foi bem capenga

        Então, comecei discordando e terminei concordando hua 😛

    • Pdr Rms permalink
      10/12/2015 17:48

      Eu como torcedor dos Jets posso dizer que sofri um pouco com o Mark Sanchez. Mesmo nos bons momentos nos Jets, ele não passava segurança na sua leitura de jogo e nas decisões.

      Comparando hj com o Fitzmagic que é um QB para lá de mediano já é uma baita diferença.

  2. 10/12/2015 16:43

    Cadê o JaMarcão?

    • U10 permalink
      10/12/2015 17:04

      Temos surpresas Everton, especialmente no TOP 5!

      Agora alguém conhece história mais polêmica do q a do tal DVD em branco, com o Playbook do Raiders q deram pro Jamarcão? rs

      É difícil nominar um Bust maior q ele… nem ryan leaf…

  3. wagrez permalink
    10/12/2015 16:56

    muito bom o texto,
    mas é aquela coisa né, draft é aposta.
    Brady não foi escolha de primeira rodada, Rodgers tb não…

    • U10 permalink
      10/12/2015 17:23

      Wagrez, semana que vem tem um TEXTO ÉPICO sobre um tal Tom Brede q vc vai curtir pra caramba e vai ter polêmica até uns dias…

      Por outro lado, o A-Rod saiu na primeira rodada, mas lá pro finalizinho… rs… mas Drew Brees saiu no 2º Round, o Russell Wilson na 3ª e o Montana também na 3ª… mas nada supera o Bredão do 6º Round ou o Warner q era empacotador de Supermercado… rs

  4. U10 permalink
    10/12/2015 17:26

    Eu só quero destacar que a lista é de um curto período de apenas 5 anos (09, 10, 11, 12 e 13), se vcs quiserem, posso fazer a minha lista de todos os tempos, depois, é claro de fazer meu top 5… mas todo mundo sabe q o número 1 é do Jamarcão, por isso vou chamar de prêmio Jamarcão de pior escolha do Draft.

  5. U10 permalink
    10/12/2015 17:28

    Quero aproveitar o profundo conhecimento do Danilão em OL (tanto como jogador, quanto Técnico) e perguntar:

    Você sabe explicar por que tantos bons OL da NCAA se tornam Busts terríveis na NFL?

  6. Pdr Rms permalink
    10/12/2015 17:35

    Ótimo texto U10. Nao sei se este jogador seria um bust pois é um cara de enorme potencial que acabou tendo problemas físicos, mas sem dúvida por tudo que os Redskins deram em troca para os Rams o RGIII foi uma das maiores decepções dos últimos anos.

    Teve também o Trent Richardson que os Browns fizeram trade up para te-lo.

    • U10 permalink
      10/12/2015 17:42

      tem neguinho vendo o meu artigo do Top 5… kkkk

    • Yuri permalink
      11/12/2015 12:36

      Não só o trade up
      Os colts deram uma escolha de primeira rodada por ele
      Ou seja, ele valeu duas, DUAS escolhas de primeira rodada, nos drafts recentes ele eh top3 concerteza 😛

      • u10 permalink
        11/12/2015 13:47

        Ahhhh… tah tendo muito spoiler aqui… kkkk

  7. Leo Cavalcanti permalink
    10/12/2015 18:13

    Não vou comentar sobre o seu texto U10… vou apenas ser o primeiro dos últimos a te dar os parabéns…atrasado mas de coração…assim você não vai poder mais reclamar….. parabéns pra você e um abraço forte…

  8. 10/12/2015 19:24

    Por Que!!!
    Cara não!!!
    Pq não fez logo o top-five você me deixou curioso to animado pra zorra ver esse top-five logo

  9. Dario Frazão permalink
    10/12/2015 20:55

    Parabéns meu camarada, mais um excelente texto!!

    Abraços

  10. 10/12/2015 21:43

    Pq o Patrick Wills parou?

    • u10 permalink
      11/12/2015 14:02

      Rafael é uma longa e complexa história.

      Primeiro, o Willis cresceu colhendo algodão no Tennesee e foi alfabetizado com mais de dez anos e, mesmo assim, chegou na idade certa pra Universidade, se eu não me engano Ole Miss, pq era um cavalo! O cara era monstruoso e ainda, reza a lenda, ajudava a limpar os ginásios e tudo… ou seja, era o queridinho do técnico e virou capitão do time logo, virou all-american e levou um tal Butkus Award (que é o prêmio do Universitário q o ganhador dificilmente vira bust! um dia vou escrever sobre isso ainda) e foi selecionado acho q na escolha 11 pelo niners, mas de talento, certamente ele seria top 3 fácil!

      No Niners, ele pegou a fase draga do Alex Smith e a defesa ficava muito tempo em campo, então ele acumulava uma dezena de tackles por jogo. Depois de Ray Lewis, vc pode perguntar pra todo mundo dessa geração, ninguém viu um ILB mais completo q o Willis, talvez apenas o Kuelchy, mas dou o desconto do Kuelchy pq ele teve o renegado Thomas Davis ao seu lado quando chegou, enquanto o Willis calouro estava mais sozinho q guria chulezenta em baile gaúcho, o cara teve de crescer na unha!

      O cara cresceu, virou All Pro 6 vezes, foi jogador defensivo do ano, foi ao pro bowl todas as temporadas da carreira (antes da última q tava lesionado) e perdeu o SB por muito pouco e se tornou um mito! E, do nada, vê seu time despencando, desmoronando, mandando embora seus amigos Harbaugh e Vic Fangio, assinando com o ratinho como HC e tendo o SEU vestiário virado no Jiraya? Ah não, ele jogou a toalha, pegou a sua veinha (e que veinha, diga-se de passagem) e caiu fora! Foi gastar os milhões q ele ganhou e aproveitar q está esbanjando saúde.

      Quer saber se ele volta pra NFL? Nem a pau Juvenal!

  11. Carlos permalink
    11/12/2015 08:37

    no top five não pode faltar o JaMarcus Russell

  12. 11/12/2015 15:26

    Então ele um cara de grupo união parceiria e fratemidade!!!
    É mais parceiro que torcedor dos mines
    Mas ele é um mostro!!!
    Olhei ontém as estatisticas dele e ele faltava 50 tackes para chegar a mil e ele é um cara jovem acho que não tem nen 10 anos de NFL
    Por que não tento a sorte em outro time
    Acho que um dia ele voltar não da pra entender um cara como ele parado sem ganha pelo menos um anel SB
    173 tackles no ano de calouro e coisa de mostro
    Posso ser otmista mais tomara que para ano ele volte pro mines
    Pq uma cara assim não pode ficar parado ele e muito bom

  13. Yuri permalink
    11/12/2015 15:41

    Mock Top 5 U10

    5- Jake Locker
    4- Geno Smith
    3- Justin Blackmoon
    2- Trent Richardson
    1- Robert Griffin III

    Vou comentar soh o Trent e o RGIII

    Trent Richardson – Valeram 4 escolhas 4ª, 118ª, 139ª e 211ª

    4ª – Matt Kalil
    118ª – Jarius Wright
    139ª – Robert Blanton
    211ª – Scott Solomon

    Razoavel até

    Mas piora, depois do bust la em cleveland, os colts resolveram pegar ele e deram uma escolha de 1ª rodada, a 26ª

    26ª – Marcus Smith

    Ou seja, Trent valeu 2 escolhas de primeira rodada, uma de 4ª, uma de 5ª e uma de 7ª

    RGIII – Washington trocou 3 escolhas de 1ª rodada e uma de 2ª rodada
    E as escolhas foram a 6ª e a 39ª de 2012, a 22ª de 2013, a 2ª(SEGUNDA) de 2014.

    6ª de 2012 – Morris Claiborne
    39ª de 2012 – Janoris Jenkins
    22ª de 2013 – Desmond Trufant
    2ª de 2014 – Greg Robinson

    Ta certo que o povo nao acertou muito nas escolhas, mas era melhor esses 4 do que o terceiro reserva 😛

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: