Monday Night Football: Bears x Vikings

wpid-MNF-logo-1024x1024.jpeg

Monday Night Football: Bears x Vikings

SEGUNDA-FEIRA, 31 OUTUBRO  

  • Minnesota Vikings @ Chicago Bears 22:30 Soldier Field, Chicago ESPN

O Minnesota Vikings (5-1) sofreu a sua primeira derrota no campeonato e vai a Chicago enfrentar o Bears (1-6) que tem a volta do seu quarterback Jay Cutler, que ficou de fora desde a semana 2.

O Vikings venceu na última visita ao Soldier Field, mas vinha de sete derrotas seguidas contra o rival fora de casa.

 

13 comentários

  1. Seria os Vikings o Falcons de 2015?
    Sempre achei um exagero absurdo as análise que apontavam a defesa dos Vikings uma das melhores de todos os tempos ¬¬

    1. Não, o Falcons de 2015 é o Falcons de 2016 pois vão amarelar de novo e com a má fase do Panthers é capaz da divisão cair no colo do Saints, apesar da nossa defesa ser a porcaria de sempre.

    1. Sim, mesma coisa com o Matthew Stafford.
      Depois que lançou pra 4TD contra LA, já era o MVP. Tudo bem que se encaminha pra mais de 4k YDS na tempora…mas não é pra tanto

  2. Falei em um post anterior, a volta de Cutler seria o fim da posição 1 no draft do ano que vem, porque o cara pode ter muitos defeitos, mas ele arrisca big plays e tem um jogo muito agressivo de passe, não fica enganando igual o Hoyer. QB que joga o tempo inteiro só para não ser interceptado e ter estatística, não é QB. E digo mais, com Cutler em campo, no mínimo Bears seria 4-4, pois ganharia dos Jaguars e dos Packers. É uma pena que esse cara não deu certo, tinha tudo para ser grande, mas não deu. Ano que vem, vida nova. Espero que consigamos um bom QB.

    1. Pra que um bom QB, se implode o time. Quando tinha um jogador melhorzinho para jogar com o Cutler, Bears despachava o jogador. Só pegar os exemplos do Mariota e Winston (ambos vencedores do Heinsman, mas em times que a diretoria não consegue formar um pnaltel de jogadores)

      1. Fala baixo, senão os haters vão acordar. 6 coordenadores diferentes e vários bons jogadores dispensados, fica difícil mesmo. Digo mais, vai ter gente com saudade na hora que ele entrar num time organizado e começar a jogar bem toda hora. Mas a saída vai fazer bem para todos, especialmente para o próprio Cutler.

  3. Sobre o jogo de ontem, duas coisas me chamaram a atenção:

    1 – Confesso que não me lembro de ter visto (se é que já tenha visto alguma vez) o Cutler tão líder, aliás como deveria ter sido na carreira toda. Comemorou as campanhas com a OL, vibrou com chamadas diferentes, estudou atentamente as jogadas, entre outras coisas, totalmente diferente daquelas caras de mané que ele ficava na side line.

    2 – Fazia tempo que não assistia uma intensidade da defesa igual a de ontem. Jogaram muito mesmo, mesmo todo mundo sabendo que não existe secundária em Chicago. Concordo com o Paulo Antunes, realmente em alguns momentos houve lembranças da excelente defesa de 2006.

    O resto não serve de muita coisa para agregar, a temporada já se foi, os melhores lugares do draft também, e o esquema é curtir jogo a jogo para ver como será até Janeiro.

    OBS: se o Jeffrery quer um contrato nível Dez Bryant entre outros, então já passou da hora de fazer por merecer e começar a agarrar os lançamentos em sua direção.

    1. Certinho Leonardo, deveriam ser 3 passes para TD, o cara tava pressionado de não ter feito um TD e além disso carrega a franchise tag na testa, então tem que se mexer mesmo. Sorte dele que o Cutler voltou porque com o Hoyer ele estaria condenado a buscar outro lugar sem o big contrato.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s