Skip to content

Chegou o Dia D: NFL Draft 2017

27/04/2017

Chegou o Dia D: NFL Draft 2017

Um dos momentos mais importantes na vida de um time da NFL está chegando, o Draft, isto é, a escolha dos jogadores universitários feita pelos times da NFL.

Um time pode-se transformar no fim de semana do Draft através de boas escolhas e possíveis trocas, o time pode deixar de ser um saco de pancada e se transformar em um time respeitável, forte e candidato a títulos , mas ao mesmo tempo pode virar zoeira da Liga devido ao seus erros feito no fim de semana do Draft.

Ultimamente o Cleveland Browns tem sofrido com péssimas escolhas, a maioria delas vindo no top 10. Ainda estamos esperando os jogadores escolhidos em 2015 e 2016 vingarem, mas 2014 foi um desastre, as duas primeiras escolhas Justin Gilbert (8º) e Johnny Manziel (22º) não fizeram nada, em 2013 escolheram Barkevious Mingo (8º) que também não está mais no time. Em 2012 mais duas escolhas desastrosas, Trent Richardson (3º) e Brandon Weeden (22º). Péssima administração geram péssimas escolhas.

Outro grande exemplo de times que desperdiçaram muitos anos devido a péssimas escolhas realizadas no Draft, foi o Cincinatti Bengals. Dan Wilkinson em 1994 (DE- Ohio State) e Ki-Jana Carter em 1995 (RB Penn State) foram o 1ºs a serem selecionados no Draft, Reinard Wilson em 1997 (DE- Florida State) foi o 15º, Akili Smith em 1999 (QB-Oregon State) foi o 3º no Draft, Peter Warwick em 2000 (WR- Florida State) foi o 5º a ser escolhido e nunca chegaram a vingar as expectativas que suas ótimas carreiras no futebol universitário prometiam. Por essas e outras razões os Bengals ficaram fora dos playoffs por 15 anos até a chegada de Carson Palmer e companhia.

Uma loucura que aconteceu no fim de semana do Draft, foi feita pelo então técnico do New Orleans Saints , Mike Ditka , que trocou todas as suas escolhas do Draft de 1999 para ter a chance de adquirir na 5ª escolha o fantástico running back da Universidade do Texas e recordista de jardas percorridas , Ricky Willians, que apesar de ter se transformado num dos melhores running back da liga, nunca se entendeu com o time de New Orleans, se mudando para Miami em apenas alguns anos.

Outra loucura aconteceu em 2000 quando o Washington Redskins fez inúmeras trocas para poder ter a 2ª e 3ª escolha do Draft, cedendo nada menos que 9 escolhas para dois times, e escolheram o linebacker Lavar Arrington e o ofensive tackle Chris Samuels que pelo menos tiveram duradouras carreiras em Washington.

Um time que se transformou em apenas alguns anos através de boas escolhas no Draft , deixando de ser um time medíocre, passando a lutar por títulos foi o Baltimore Ravens.

Em 1996- Jonathan Ogden (T- UCLA), Ray Lewis (ILB Miami), 1997- Peter Boulware (OLB Florida State), Jamie Sharper (MLB Virginia), Kim Herring (FS Penn State), 1998- Duane Starks CB Miami, 1999- Chris McAlister (CB Arizona), Brandon Stokley (WR Louisiana-Lafayette), 2000- Jamal Lewis (RB Tennessee) , Travis Taylor (WR Florida). Foi através do Draft que o Ravens contruiu a sua fantástica defesa que levou a conquista do Super Bowl XXXV da temporada 2000-2001.

Um time que vem se restruturando bem através do Draft é o Tampa Bay Buccaneers, acharam o quarterback de franquia Jameis Winston (1ª escolha em 2015), tackle e Guard Donovan Smith e Ali Marpet (2ª e 3º rodadas 2015) wide receiver Mike Evans (7ª escolha em 2014) entre outros.

Outro momento interessante do Draft ocorreu em 1998. Por muitos meses foi debatido quem deveria ser o 1º jogador a ser escolhido no Draft. A dúvida estava entre o quarterback da Washington State University, vencedor do Rose Bowl , Ryan Leaf, e o Quarterback da Universidade do Tennessee, filho de Archie Manning, Peyton Manning. O Indianápolis Colts tinha a 1ª escolha e acertou na mosca escolhendo Manning. O San Diego Chargers com a 2ª, escolheu Ryan Leaf. Depois de meses de negociação, o Chargers conseguiu assiná-lo, mas nunca conseguiu tirar nada de Leaf. Após alguns anos na NFL marcados por péssimas performances e problemas com sua atitude , Ryan Leaf sumiu do radar.

Ano passado o Los Angeles Rams e o Philadelphia Eagles foram contudo no Draft para escolherem os seus quarterbacks do futuro, o Rams fez uma troca com o Tennessee Titans para ter a chance de selecionar Jared Goff e o Eagles fez uma troca com o Cleveland Browns para selecionar Carson Wentz.

 

O dia chegou:

NFL DRAFT 2017

O Cleveland Brown está no relógio.

__________________________________________________

Artigos relacionados:

Qual foi o seu momento marcante do Draft ?

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: